Category Archives: Quadros Eléctricos

Sistema de proteção de bombas - SAFEMATIC

Sistema de proteção eletrónico para bombas monofásicas.
Este dispositivo desliga a eletrobomba quando é detetado o funcionamento em seco, sobre-intensidade de corrente, aviso de ciclos excessivamente rápidos como consequência de uma perda de pressão no autoclave.
safematic

Classificação e tipo
Segundo IEC 60730-1 e EN 60730-1 este aparelho é um dispositivo de proteção do motor, eletrónico, de instalação independente, com ação do tipo 1B (micro desconexão). Valor de funcionamento: I<30% I adquirida. Grau de contaminação 2 (ambiente limpo). Tensão de impulso atribuída: cat II / 2500V. Temperatura de teste: envolvente (75º C) e PCB (125 ºC)

Características de funcionamento
- Proteção contra o funcionamento em seco.
- Proteção contra sobre-intensidade de corrente.
- Duas modalidades de configuração: auto-configuração e apredizagem fina.
- Função ART (Auto Reset Test), rearme automático com uma periodicidade programada, quando o sistema desliga pelo funcionamento em seco (falta de água).
- Aviso de ciclos rápidos: quando o autoclave perdeu demasiando ar e como consequência se produzem arranques frequentes (paragem/arranque) é ativado um alarme luminoso.
- Pulsador manual de rearme (RESET).
- Luzes de aviso: POWER, ALARM, e ON.

Características técnicas
- Potência nominal do motor: 0,37-2,20 kW.
- Alimentação elétrica: ~1 x 110-230Vac.
- Frequência: 50/60 Hz
- Corrente máxima: 30(16) A
- Grau de proteção: IP65
- Temperatura ambiente máxima: 50 ºC
- Peso (sem cabos): 0,3 Kg

Interface do usuário
A seguinte tabela resume o significado das diferentes combinações de iluminação dos LEDS:
- "0" significa ligado.
- ( ( 0 ) ) significa intermitente lento.
- (((0))) significa intermitente rápido.

interface usuário

Instalação
O equipamento SAFEMATIC deve ser intercalado entre a rede e a entrada de alimentação do pressostato.
safematic instalação
É fundamental, antes de ligar o SAFEMATIC verificar que a instalação hidráulica funciona corretamente, especialmente garantir que o autoclave está pressurizado corretamente e o pressostato ajustado.
De seguida deve efetuar a configuração (aprendizagem) dos parâmetros de funcionamento da instalação. Esta aprendizagem pode ser automática ou fina no caso do instalador querer controlar totalmente a configuração.

Ligação elétrica
Antes de realizar qualquer manipulação no interior do aparelho, este deve ser desligado da rede elétrica.
Ligações erradas podem danificar o circuíto eletrónico.
Confirmar que a alimentação elétrica se encontra entre 115-230V.
Usar secção de cabo correta, em função da potência instalada.
O condutor de terra deve ser mais comprido que os outros. Deve ser o primeiro a ser ligado e o último a ser desligado aquando de uma desconexão.
Instalação elétrica

Modalidades de configuração (aprendizagem)
Auto aprendizagem
1 - ligue o SAFEMATIC à rede elétrica
2 - Se acenderem as 3 luzes POWER, ALARM e ON e a bomba parada o SAFEMATIC já se encontra no modo stand-by. Caso contrário terá que prssionar o botão RESET durante 10 segundos até ficar com as 3 luzes acesas.
3 - Pressionar o RESET (click) a bomba arranca e as luzes POWER e ALARM ficam a piscar lentamente.
4 - Depois de 10 ciclos completos de funcionamento (arranque/paragem) a auto-aprendizagem fica concluída. O led POWER ficará iluminado permanentemente (durante esta fase são calculados automaticamente os parâmetros de trabalho).

Aprendizagem fina (precisa)
1 - ligue o SAFEMATIC à rede elétrica
2 - Se acenderem as 3 luzes POWER, ALARM e ON e a bomba parada o SAFEMATIC já se encontra no modo stand-by. Caso contrário terá que prssionar o botão RESET durante 10 segundos até ficar com as 3 luzes acesas.
3 - Abrir as torneira até que o sistema hidráulico esteja completamente vazio.
4 - Pressionar o RESET durante 10 segundos a bomba arranca e o led POWER fica a piscar lentamente.
5 - Esperar 10 segundos, fechar as torneiras a bomba parará quando chega à pressão regulada no pressostato (durante esta fase são calculados automaticamente os parâmetros de trabalho).

Avisos e Alarmes
- O alarme de sobre-intensidade atua quando aumenta 30% da potência máxima registada. O sistema efetua 4 tentativas de rearme após as quais bloqueia definitivamente o funcionamento da bomba. O alarme de sobre intensidade pode ser rearmado com o botão RESET.
- O alarme de falta de água deteta a falha de água e iniciará um processo de rearme automático (ART) efetuando uma primeira tentativa após 5 minutos e posteriormente a cada 30 minutos durante 24 horas. No caso de detetar que o abastecimento de água foi restabelecido, o alarme reiniciará de forma automática. Este alarme também pode ser reiniciado de forma manual no botão RESET. Quando o SAFEMATIC começa a detetar falta de água o led ON efetua uns flashes rápidos.
- A detecção de ciclos de arranque rápidos é ativada quando o sistema deteta que os intervalos de arranque e paragem da bomba são excessivamente rápidos como consequência da falta de ar no autoclave e autoclave de reduzidas dimensões. A bomba continua a funcionar mas o led ON fica a piscar lentamente. Este alarme pode ser restaurado com o botão RESET.

Pressostato Digital com sistema de proteção para bombas

A unidade SWITCHMATIC 2 é um Pressostato Digital electrónico com manómetro digital integrado. Permite gerir o arranque e paragem de electrobombas monofásicas até 2,2 kW (3 HP). As pressões são facilmente ajustáveis através do painel de controlo. A electrificação é realizada da mesma forma de um pressostato electromecânico tradicional. Pode ser utilizado como um interruptor de pressão diferencial, de pressão inversa ou simplesmente com máxima e mínima pressão. A unidade SWITCHMATIC 2 incluiu leitura da corrente instantânea consumida. Este sistema patentado controla e gere a sobreintensidade, o funcionamento em seco e os ciclos rápidos de funcionamento (falta de ar no autoclave)

Pressostato Digital

Pressostato Digital

Características:

Modo Stand-by com baixo consumo.
Transdutor de pressão interno com indicador digital.
Manómetro interno em Bar e PSI com leitura instanânea digital.
Painel de comando e display numérico de 3 digitos, indicadores de leds luminosos e botões.
Certificado EMC e certificado de segurança eléctrica.
Protecção contra o funcionamento em seco.
Função ART (Auto Reset Test), rearme automático com uma periodicidade programada, quando o sistema desliga pelo funcionamento em seco (falta de água).
Protecção contra sobreintensidades.
Alarme de ciclo rápido, quando existe falta de ar no autoclave e o sistema faz arranques consecutivos activando um alarme.
Botão para arranque manual.
Quatro modos de operação: Diferêncial, Inverso, Pressão Máxima e Pressão Mínima.
Menu de configuração expert: diferêncial, tempos de atraso e outros ajustes.
Ficha Técnica

Características Técnicas:

Modelo Switchmatic 2
Tensão de alimentação: ~1 x 115-230 Vac
Frequência: 50/60 Hz
Potência máx. bomba: 2,2kW (3 HP)
Intensidade máxima de corrente: 30 (16) A
Pressão de arranque: 0,5 - 7 Bar
Pressão de paragem: 1 - 8 Bar
Diferêncial máximo: 7,5 Bar
Diferêncial mínimo (ajustável): 0,5 - 1,5 Bar
Ajuste de fábrica (arranque / paragem): 3 / 4 Bar
Classe Protecção IP 55
Temperatura máxima da água: 50 ºC
Temperatura máxima ambiente: 60 ºC
Peso: 0,28 Kg
Ligação à rede hidráulica: 1/4"


Características Painel de Comandos:

painel switchmatic 2

Display de 3 digitos
- modo de operação: pressão instantanea
- modo de ajuste: arranque e paragem.
Led Bar / PSI (verde)
- fixo: indica Bar ou PSI
- piscar: indica bomba em funcionamento.
Led Start / Stop (amarelo)
- iluminado: visualização de pressão de arranque e paragem.
- piscar: ajustando a pressão de arranque e paragem.
Led A (verde)
- fixo: indica consumo da bomba
- piscar: ajuste do consumo máximo da bomba.
Simbolo de alarme
- funcionamento em seco, sobreintensidade ou ciclos rápidos de arranque.
Botões: aumentar ou diminuir parametros.
Botão ENTER: arranque / paragem manual ou confirmação de parametros.
Botão A: ajuste da corrente máxima e visualização da corrente consumida.

Instalação Hidráulica
O SWITCHMATIC 2 deve ser roscado a um casquilho macho de 1/4" na saída da bomba. Antes de ligar o SWITCHMATIC 2 confirme que a instalação hidráulica esta montada corretamente, especialmente que o autoclave esteja corretamente pressurizado (P=Pstart - 0,5 Bar).

Switchmatic2 hidraulic

Instalação Elétrica
Antes de realizar qualquer manipulação no interior do aparelho, este deve ser desligado da rede elétrica.
Ligações erradas podem danificar o circuíto eletrónico.
Confirmar que a alimentação elétrica se encontra entre 115-230V.
Usar secção de cabo correta, em função da potência instalada.
O condutor de terra deve ser mais comprido que os outros. Deve ser o primeiro a ser ligado e o último a ser desligado aquando de uma desconexão.

Switchmatic 2 elétrica

Exemplo instalação de Switchmatic2 com bomba submersível com condensador externo

Esquema ligação Switchmatic2 e bomba submersível com condensador externo

Exemplo instalação de Switchmatic2 com bomba submersível com condensador interno

switchmatic2_230

Controladores de Pressão para Bombas

A constante evolução da era industrial no século passado, induziu de forma progressiva um processo de especialização em todos os setores. Nos últimos vinte cinco anos, graças ao aparecimento da eletrónica e informática, este processo tem acelerado exponencialmente. A COELBO nasce nesse período (1988), com o objetivo de negócio da aplicação destas novas tecnologias no campo das electrombas. Desde o início e com uma constante evolução tecnológica criou dispositivos automáticos para operação, controle e proteção, iniciando assim uma especialidade industrial pioneira a nível mundial, sendo um dos líderes nesta área. O seu constante esforço na investigação, desenvolvimento e inovação, permitiu a obtenção de patentes internacionais que lhe conferem reconhecimento na área dos sistemas de bombagem. Com uma filosofia empresarial baseada em conceitos como a investigação tecnológica constante, design inovador, fiabilidade do produto, rigoroso controle de qualidade, investimento constante em processos de produção e seriedade comercial, a COELBO e os seus produtos desfrutam de um prestígio internacional e alcançado a confiança dos mais importantes produtores de electrobombas. O seu sucesso no mercado mundial tornou-se uma referência, criando tendências e dando origem a muitas imitações de seus mais famosos produtos. As instalações de 3500 m2 albergam hoje a actual realidade industrial da COELBO. Actualmente distribuímos os nossos produtos nas seguintes famílias:

 

PRESSFLOW TECH
Na gama de dispositivos PRESSFLOW TECH estão incluídos todos os controladores electrónicos presso-fluxostáticos tradicionais com tornaram a COELBO como uma referência mundial ao longo dos últimos 30 anos. Controlmatic

 

 

HI TECH
O alcance dos dispositivos HITECH abarca uma completa gama de controladores de velocidade variável (VSD: variable speed drives), para bomba individual ou grupos de bombas, de montagem em linha, mural ou a bordo. Estes dispositivos integram todos los elementos hidráulicos, eléctricos e electrónicos necessários, tais como, sensores de caudal, pressostatos, transductores, indicadores de pressão, de frequência, de intensidade, leds de sinalização, interruptores start-stop, etc...

SpeedboxSpeedmatic

 

 

SMART TECH
A família de dispositivos SMART TECH engloba uma ampla gama de dispositivos para o controlo e/ou protecção de electrobombas cujo denominador comum é a aplicação das novas tecnologias nos sistemas tradicionais, com a excepção da velocidade variável que faz parte da gama HI TECH. Onematic

Pressostato electrónico digital
A unidade SWITCHMATIC é um pressostato electrónico com manómetro digital integrado. Permite gerir o arranque e paragem de electrobombas monofásicas até 2,2 kW (3 HP). As pressões são facilmente ajustáveis através do painel de controlo.
A electrificação é realizada da mesma forma de um pressostato electromecânico tradicional.
Pode ser utilizado como um interruptor de pressão diferencial, de pressão inversa ou simplesmente com máxima e mínima pressão.
A unidade SWITCHMATIC 2 incluiu leitura da corrente instantânea consumida. Este sistema patentado controla e gere a sobreintensidade, o funcionamento em seco e os ciclos rápidos de funcionamento (falta de ar no autoclave)

Switchmatic

 

Instalação de central bombas submersíveis com variação de velocidade

A Hidraulicart fez a instalação de uma central de bombas submersíveis de abastecimento de água com variação de velocidade e pressão constante, no Comando Territorial G.N.R do Porto.

GNR Porto

GNR Porto

Ficam aqui algumas fotos da instalação.

VACON® 100 FLOW é um variador de velocidade optimizado especialmente para aplicações em bombas. Este novíssimo variador de velocidade proporciona um controlo de fluxo versátil para aplicações de águas.

Variadores Velocidade Vacon Flow

Quadro de Variação de Velocidade

Quadro de Variação de Velocidade

Quadro de Variação de Velocidade

Quadro de Variação de Velocidade

Transdutores de Pressão

Transdutores de Pressão e Manometro Glicerina

Colector das Bombas Submersíveis E-Tech - Franklin

Colector das Bombas Submersíveis E-Tech - Franklin


Quadros eléctricos para comando de bombas

Quadro de Nível para Poço/Furo

  • Comando e proteção de eletrobombas utilizadas no abastecimento de água sob pressão e sistemas de rega, através da extração de água em poços, furos artesianos ou outros reservatórios.

Quadro de Nível

  • Apresentação
    - Caixa plástica 250x200x140 mm em ABS cinza RAL7035 com dobradiça e com tampa transparente em policarbonato.
    - Contactor e relé térmico Danfoss.
    - Relé de nível para proteção na falta de água.
    - Funcionamento automático, manual ou desligado, comandado por comutador de 3 posições com cápsula protetora.
    - Ligação para comando remoto de arranque/paragem (P11-P12) (pressostato, boia ou outros).
    - Proteção contra curto-circuitos através de disjuntor.
    - Proteção contra sobrecargas através de relé térmico.
    - Indicação de falta de água (LED vermelho no relé de nível).
    - Indicação de quadro em funcionamento automático (sinalizador amarelo).
    - Indicação de motor ligado (sinalizador verde).
    - Indicação de disparo térmico (sinalizador vermelho).
    - 4 Bucins, para passagem dos cabos de ligação.
  • Como Funciona
    Depois de efetuadas todas as ligações corretamente, o relé térmico deverá ser regulado de acordo com a intensidade nominal do motor. O quadro deverá apresentar todas as sinalizações desligadas até que o comutador do circuito de comando seja ligado para a posição de automático (AUT), altura em que o sinalizador amarelo liga.
    Se o comando de arranque/paragem (P11-P12) fechar, o relé de nível liga (LED amarelo no relé de nível), e faz a leitura do nível de água através das sondas (no poço, furo, depósito, etc.). Se a água estiver acima da sonda de nível máximo o relé de nível dá indicação de ligado (LED verde no relé de nível) e a bomba liga (sinalizador verde) ,desligando se o comando de arranque/paragem abrir ou se a água descer além da sonda de nível mínimo (LED vermelho no relé de nível).
    Com o comutador do circuito de comando na posição manual (I), a bomba liga, independentemente do estado do comando de arranque/paragem (P11-P12).
    O disparo do relé térmico devido a sobrecarga (sinalizador vermelho) faz desligar a bomba, independentemente do estado de qualquer dos comandos.
    Com o comutador do circuito de comando na posição manual, a bomba liga, independentemente do estado do comando de arranque/paragem.

Quadro de Nível Digital

  • Sem necessidade de utilização de sondas para protecção e comando de electrobombas

Quadro Digital

  • Apresentação
    - Caixa plástica 250x200x140 mm em ABS cinza RAL 7035, com dobradiça e tampa transparente em policarbonato.
    - Contactor Danfoss.
    - Relé eletrónico digital de comando e proteção de eletrobombas
    - Funcionamento automático (AUT), manual (I) ou desligado (0), comandado por comutador de 3 posições com cápsula protetora.
    - Ligação para comando remoto de segurança (C11-C12) (boia, pressostato ou outros).
    - Ligação para comando remoto de arranque/paragem (P11-P12) (pressostato, boia ou outros)
    - Proteção contra curto-circuitos através de disjuntor.
    - Indicação de quadro em funcionamento automático (sinalizador amarelo).
    - Indicação de motor ligado (sinalizador verde).
    - 4 Bucins, para passagem dos cabos de ligação.
  • Como Funciona
    O quadro deverá apresentar todas as sinalizações desligadas até que o comutador do circuito de comando seja ligado para a posição de automático (AUT), altura em que o sinalizador amarelo liga.
    Se o comando de arranque/paragem (P11-P12) fechar, a bomba liga (sinalizador verde e LED’s “PWR”,”COM” e “OUT” do relé PRObomba), desligando se o comando arranque/paragem reabrir.
    Se durante o funcionamento o relé PRObomba verificar um consumo superior ao parâmetro máximo ou inferior ao mínimo por mais de 4 segundos, a bomba desliga sendo indicado no display do Relé a causa do defeito ”EIH” - erro de sobreintensidade ou ”EIL” - erro de subintensidade. Se a anomalia detetada se deveu a uma subintensidade, o rearme automático será tentado 3 vezes com intervalos de 5min., 5min. (valor pré-definido de fábrica mas com possibilidade de ser alterado pelo utilizador), sendo o último rearme tentado após 99 min. findo os quais o relé desliga definitivamente. Se a anomalia detetada se deveu a uma sobreintensidade, a bomba desliga e o relé não tenta qualquer rearme. O rearme manual pode ser executado por intermédio da tecla de reset “RST” do Relé Probomba ou através do comutador do circuito de comando, bastando para tal desligá-lo e voltar a ligar.
    Sempre que durante o funcionamento se verificar que a tensão de alimentação é superior ao parâmetro máximo ou inferior ao mínimo (valores pré-definidos de fábrica) por mais de 4 segundos é indicado no display do Relé PRObomba a cada 4 segundos (”EUH” - erro de sobretensão ou ”EUL” - erro de subtensão).
    A abertura do comando de segurança (C11-C12) faz desligar a bomba, independentemente das indicações do comando de arranque/paragem. Caso não se pretenda fazer uso do comando de segurança, este deverá ser fechado através de um "shunt".
    Com o comutador do circuito de comando na posição manual, a bomba liga, independentemente do estado do comando de arranque/paragem.

Quadro de Alternância com Alarme

Quadro de Alternância

  • Comando e proteção de eletrobombas utilizadas em centrais hidropneumáticas ou para bombagem de efluentes com 2 eletrobombas
  • Apresentação
    - Caixa plástica 300x250x140 mm em ABS cinza RAL7035 com dobradiça e com tampa transparente em policarbonato.
    - Contactares e relés térmicos Danfoss.
    - Relé de alternância para comando de alternância e simultaneidade
    - Alarme sonoro e luminoso incluídos
    - Funcionamento automático, manual ou desligado, comandado em cada uma das bombas de forma independente por comutador de 3 posições com cápsula protetora.
    - Funcionamento do alarme sonoro em automático, teste ou desligado, por comutador 3 posições com cápsula protetora, sem interferir no alarme luminoso.
    - Ligação com tensão reduzida (12V) para comando remoto do arranque (C31-C32, C41-C42) e paragem (C21-C22) dos motores (pressostato, boia ou outros).
    - Ligação com tensão reduzida (12V) para comando remoto de segurança (C11-C12) (pressostato, boia ou outro).
    - Ligação com tensão reduzida (12V) para comando remoto de alarme (C51-C52) (pressostato, boia ou outro).
    - Proteção do circuito de comando através de disjuntor.
    - Proteção do circuito de potência contra curto-circuitos através de disjuntor.
    - Proteção do circuito de potência contra sobrecargas através de relé térmico.
    - Indicação de presença de fase no circuito de comando (sinalizador amarelo).
    - Indicação individual de motor ligado (sinalizadores verdes).
    - Indicação individual de disparo térmico (sinalizadores vermelhos).
    - Indicação de alarme ligado (sinalizador vermelho e alarme sonoro)
    - 6 Bucins, para passagem dos cabos de ligação.
  • Como Funciona
    Depois de efetuadas todas as ligações corretamente, os relés térmicos deverão ser regulados de acordo com as intensidades nominais dos motores. O quadro deverá apresentar todas as sinalizações desligadas exceto a de presença da fase do circuito de comando.
    Com os comutadores na posição (AUT), sempre que o nível atingir o comando de arranque da 1ªbomba (C31-C32), será ligada uma das bombas alternadamente, só desligando quando o nível descer até ao nível de paragem (C21-C22). Se o nível subir até ao nível de simultaneidade (comando de arranque da 2ªbomba C41-C42), entrarão em funcionamento as 2 bombas em simultâneo, só desligando ambas quando o nível descer até ao nível de paragem (C21-C22).
    A abertura do comando de segurança (C11-C12), faz desligar as bombas, independentemente das indicações dos comandos de arranque, de paragem e dos comutadores (se em automático). Caso não se pretenda fazer uso do comando de segurança, este deverá ser fechado através de um "shunt".
    Sempre que o comando de alarme (C51-C52) fechar, será ligado o alarme luminoso e o alarme sonoro, podendo este ser desligado através do respetivo comutador.
    Com o comutador do circuito de comando na posição (I), a correspondente bomba liga, independentemente do estado dos comandos de arranque, paragem e de segurança.
    O disparo de qualquer dos relés térmicos devido a sobrecarga (sinalizadores vermelhos), faz com que a correspondente bomba se mantenha desligada independentemente das indicações de qualquer dos comandos.

Quadro de Variação de Velocidade - Controlo de Bombas

Instalação do quadro de variação de velociade para controlo e monitorização das bombas de rega do Parque da Cidade do Porto.

A Vacon anunciou o lançamento do novo VACON® 100 FLOW, um variador de velocidade optimizado especialmente para aplicações em bombas e ventiladores. Este novíssimo variador de velocidade proporciona um controlo de fluxo versátil para aplicações de águas e águas residuais e automação em prédios, aumentando assim a gama de conversores de frequência VACON 100.

O VACON 100 FLOW é o mais jovem membro da terceira geração de variadores da VACON completando assim a a gama VACON:

VACON® 100 variador de velocidade multi-propósito
VACON® 100 X variador de velocidade com IP66/UL Tipo 4X
VACON® 100 HVAC variador de velocidade para automação em AVAC

O VACON 100 FLOW combina a essência do VACON 100 com funções dedicadas à optimização de processos de controlo de caudal e pressão. O novo variador de frequência melhora também a eficiência e redundância em sistemas de bombagem, oferecendo as mais recente e avançado método de controlo de bombas.

O VACON 100 FLOW vem preparado com características user-friendly como um display graphic multi-língua, assistentes de configuração que permitem uma fácil parametrização do variador e funções de programação por blocos tipo PLC intuitivas que permitem que o seu variador seja ajustado para qualquer aplicação.

Sobre Vacon
Vacon é impulsionada e pela vontade de projectar, fabricar e vender apenas os melhores variadores de velocidade do planeta. Dedicada exclusivamente aos a variadores de velocidade, Vacon tem actualmente ID e unidades de produção de produção na Finlândia (sede), Estados Unidos, China, India e Itália, e escritórios em mais de 25 países e uma rede de distribuidores que cobre praticamente todo o globo.

Lider mundial tecnológico em variadores de velocidade de CA.

A história da Vacon remonta a 1993 quando um grupo de 13 engenheiros das fábricas ABB Industry Oy de Vaasa (Vaasa é uma cidade Finlandesa) fundaram a Vacon (Vaasa Control Oy). Estes 13 membros fundadores começaram a saga Vacon rumo à meta de se tornar um líder mundial no fornecimento de conversores de frequência.

Presscontrol – Comando de Bombas de Água

Controlo Automático Presscontrol Watertech

O Presscontrol é um dispositivo de concepção nova que garante um óptimo controlo das bombas eléctricas integradas em instalações hidráulicas. Derivado de um projeto hidráulico e de lógico eletrónica mede simultaneamente a pressão e o fluxo, permitindo controlar o arranque e a paragem da bomba. Substitui o sistema tradicional do autoclave e pressostato.

Clique aqui para consultar preço e comprar

Não necessita de recargas de ar e elimina as fastidiosas variações de pressão e de fluxo na utilização.

Protege a bomba do funcionamento a seco. Não exige nenhum tipo de regulação ou manutenção. Muito menos incómodo do que os sistemas tradicionais, absolutamente fiável, resistente e fácil de instalar.

Desempenhos

  • Liga e desliga a bomba em função da abertura das torneiras.
  • Mantém a pressão constante durante a utilização.
  • Desliga a bomba se faltar a água.
  • Amortece os efeitos do golpe de carneiro

Características de Fabrico

O Presscontrol é formado duma parte hidráulica e de uma caixa eléctrica substituível também fornecida como peça sobresselente.

A parte hidraúlica é constítuida por:

presscontrol-membrana

presscontrol-membrana

  • um corpo moldado em material de plástico reforçado
  • uma membrana e uma mola que reagem às variações de pressão.
  • uma válvula que reage às variações de fluxo.
  • uma válvula de retenção.
  • uma válvula de segurança que evita a saída de água do aparelho n caso de uma avaria na membrana.

A parte eléctrica é constituída por:

presscontrol-electronica

presscontrol-electronica

  • uma caixa com retenção moldada em material plástico autoestinguível.
  • uma placa electrónica testada e verificada individualmente com pistas protegidas de película isolante.
  • um relé com contactos especiais e uma vida eléctrica além de 300000 ciclos em contínua com uma carga máxima de 1.1kW.
  • um varístor com ptrotecção dos piques de tensão.

Materiais

  • Corpo: Poliamida reforçada PA 6 FV 30%
  • Membrana: EPDM
  • Mola: Aço C72 UNI 3545
  • Válvula de fluxo: Latão OT 58 UNI 5705/65
  • Válvula de retenção: Poliamida reforçada PA 6 FV 30%
  • Caixa da placa electrónica: Resina termoplástica autoestinguível VO
  • Circuito moldado: Vetronite

 Funcionamento

presscontrol-funcionamento

presscontrol-funcionamento

1

Sobre um pequeno painel colocado na parte frontal do aparelho visualizam-se mediante indicadores luminosos, todas as fases de funcionamento do sistema. No acto da ligação à rede eléctrica acende-se um indicador luminoso verde: Power on (tensão) e um indicador luminoso amareloPump on (bomba em funcionamento) que indica o arranque da bomba, mantendo-a ligada por alguns segundos, para permitir à instalação entrar sob pressão.

2

Neste ponto o aparelho para a bomba e se coloca em posiçaão de espera, com o indicador verde aceso, pronto para efetuar em total autonomia todas as operações de comando e controlo sucessivamente.
A abertura de uma torneira liga imediatamente a bomba que permaneça ligada enquanto a torneira estiver aberta. Quando esta se fecha, o Presscontrol para a bomba quando esta restabelecer a máxima pressão da instalação e retorna à posição de espera.

3

O Presscontrol reconhece as anomalias e as indica com um indicador luminoso vermelho: Failure (avaria) fazendo parar a bomba.
Removidas as causas que determinaram o bloqueio, é suficiente carregar no botão vermelho: Restart (rearme) para restabelecer o normal funcionamento. No caso de uma interrupção da energia eléctrica temporária, o Presscontrol rearma automaticamente no retomar da mesma.

Características Técnicas

  • Tensão de alimentação monofásica: 230 V
  • Variações de tensão aceitáveis: ±10%
  • Frequência: 50/60 Hz
  • Intensidade máxima: 10(6)A - 1.1 kW
  • Grau de protecção: IP65
  • Pressão máxima de exercício: 10 Bar
  • Temperatura de funcionamento: 0-60 °C
  • Juntas machos: GC 1

    Confronte de Pressões

    presscontrol-tabela-confronte-pressoes

    presscontrol-tabela-confronte-pressoes

Diagrama Perdas de Carga

presscontrol-diagrama-perdas-carga

presscontrol-diagrama-perdas-carga

Presscontrol, para a Perfeita Gestão da Instalação Hidráulica Doméstica

presscontrol-instalacao-domestica

presscontrol-instalacao-domestica

Clique aqui para consultar preço e comprar

My Chat Button