Category Archives: Agro-Jardim

Campanha Corta Relvas Honda

Agora que a Primavera chegou e a relva cresce ainda com mais força é o momento de adquirir a sua nova máquina de cortar relva Honda.

Campanha Corta Relvas Honda

Campanha Corta Relvas Honda

 

Corta Relva Honda com motor a 4 tempos e chassis de aço tratado anti-corrosão, seguros, cómodos e silenciosos, com boa estética e fácil acesso a todos os seus pontos vitais, que forma sido desenhados para ser utilizados de forma intuitiva, primando pela simplicidade de operação, utilização e manutenção.

 

A série IZY é a gama de máquinas de cortar relva a gasolina mais leves do mercado, começando nos 28,5 kg. Ideais para jardins cuidados e/ou complexos, onde é necessária muita flexibilidade. São também ideais para jardins mais pequenos, com excelente performance de recolha e ensacamento, com um nível de ruído de -2dB (A)*, inferior à actual norma Europeia anti-ruído.

 

Elegante, robusta e fácil de utilizar, a nossa gama IZY divide-se em máquinas sem tracção e com tracção. Tanto com umas, como com outras, o seu relvado rapidamente ficará perfeito.

Novo Corta Relva Honda HRX 537

A primeira novidade de 2019, é o lançamento da nova versão do corta-relva HRX 537 VYE

 

Este corta relva passa a contar com o novo motor Honda GCVx200:

 

Mais potência e Binário: Maior capacidade de recolha e ensacagem;
Mais económico: Menos consumo de combustível;
Mais ecológico: O motor cumpre todos os requisitos da norma euro stage V, com uma redução significativa das emissões de Monóxido de Carbono, Hidro carbonetos e Oxido de Nitrogénio.

 

Maior facilidade de utilização:
Evolução do sistema de arranque ACS - Auto-Choke Confort System proporcionando um
arranque fácil em todas as condições.

 

Transmissão Select Drive – Através de comando, localizado na barra de comando, o utilizador ajustar a velocidade do corta relva às condições de trabalho.

 

Manutenção mais fácil:
- Bocal de combustível de maiores dimensões;
- Bujon de drenagem de óleo com acesso facilitado;
- Substituição / limpeza do filtro de ar sem necessidade de ferramentas.

 

Novo Corta Relva Honda HRX 537

 

 Modelo  HRX 537 VYE
 Dimensão do deck de corte (cm):   53
 Motor a gasolina:   4 tempos OHV
 Cilindrada do motor (cm3):   201
 Modelo do motor:   GCVx 200
 Capacidade depósito de combustível (Litros):   0,91
 Capacidade do óleo do motor (Litros):   0,40
 Tipo de transmissão:   Smart Drive
 Velocidade deslocamento (metros por segundo):   0 a 1,64
 Tipo do deck de corte:   Xenoy
 Embraiagem Roto-stop® de travão das lâmina:   Roto-stop®
 Sistema de Mulching:   Variável
 Posições e regulações da altura de corte (mm):   7 (19-101) 
 Capacidade do saco de recolha (Litros):   85
 Dimensões (C x L x A (cm)):   161x58x107
 Peso a seco (Kg):   43,5
 Características adicionais:   Auto Choke
 Tempo de recolha da relva num relvado de 100 m2 (min:seg):   7:07 
 Tempo de mulching da relva num relvado de 100 m2 (min:seg):  3:09

 

O novo corta relva Honda HRX 537 VY é extremamente silencioso com velocidade variável, chassis em Xenoy® e uma largura de corte de 53 cm.

A excelente ergonomia e o fácil acesso a todos os controles básicos deste corta relva proporcionam conforto extra ao operador. Os comandos SELECT Drive® são perfeitamente adequados às capacidades do utilizador reduzindo bastante o esforço na sua utilização. A alça de controlo regulável em altura ajusta-se perfeitamente à altura do utilizador. As dimensões compactas e o equilíbrio da máquina facilitam extremamente a operação do utilizador em terrenos acidentados. O sistema de operação com velociade variável permite ao operador mover o corta relva segundo a sua conveniência. A capacidade de desligar a rotação da lámina, Roto-stop®, facilita o operador no esvaziar do saco da relva, não tendo a necessidade de voltar a ligar o motor, e naturalmente, levar o corta relva de um sitio para outro torna-se mais seguro. O corta relva é equipado com o motor GCV, o mais potente na sua categoria. A construção robusta e rígida do chassi absorve as vibrações não sendo transmitidas para a alavanca de controle do corta relva. É um dos corta relvas com o motor mais silenciosos do mercado.

Novo Corta Relva Honda HRX 537

Programadores de Rega a pilhas com BLUETOOTH SOLEM

Programador de rega a pilhas com BLUETOOTH SOLEM para jardins residenciais, parques públicos, terrenos desportivos, etc ... Programável pelo seu smartphone, iphone ou tablet, graças à aplicação gratuíta da SOLEM "MySolem".

Programadores de Rega a pilhas

Programadores de Rega a pilhas com BLUETOOTH SOLEM

APLICAÇÕES
Rega automática de jardins residenciais, zonas verdes públicas, campos desportivos, etc

CARACTERÍSTICAS
Comunicação com tecnologia Bluetooth de baixo consumo.
Independente: funciona com uma pilha alcalina de 9V do tipo 6LR61 (na Europa) ou 6AM6 (no resto do mundo) não incluída.
Modelo IP68: 100% estanque e submersível.
Alojamento da bateria em compartimento independente e estanque.
Pode ser instalado no interior ou exterior.
Função programável de arranque/paragem.
Memória não volátil que assegura a  manutenção dos programas guardados em caso de falha eléctrica.

PROGRAMAÇÃO
Comando manual.
Até 3 programas diferentes (por ex. programa de verão e inverno).
Tempo de rega de 1 minuto a 12 horas.
Até 8 arranques diários.
Ciclos programáveis, dias pares, dias impares, periódicos.
Atraso à operação por chuva (permanente e de 1 a 15 dias).

ESPECIFICAÇÕES
1, 2, 4 2 6 estações.
Ligação a válvula mestra.
Ligação para sensor de chuva.
Alcance do Bluetooth: 10 m.
Testado em:
- iPhone 4S, 5, 5S, 5C,iPad 3, 4, Mini, Air (iOS 7.0 mínimo)
- Samsung Galaxy S3, S4, S5, Note 2 (Android 4.3 mínimo)
- Sony Xperia Z, Z1 compact (Android 4.3 mínimo)

ESPECIFICAÇÕES ELÉCTRICAS
Funciona com uma pilha alcalina de 9V
Funciona com solenoide latch de 9V e com válvula mestra equipada com solenoide latch de 9V.
Distancia máxima entre o módulo e o solenoide de 30m com um cabo de 1,5 mm2.

Programador rega a pilhas

DIMENSÕES
Comprimento: 14 cm
Altura: 5,5 cm
Profundidade : 9 cm

MODELOS
BL-IP-1: 1 estaciones
BL-IP-2: 2 estaciones
BL-IP-4: 4 estaciones
BL-IP-6: 6 estaciones

Produtos de Jardinagem a Bateria da Honda

Os novos produtos a bateria da Honda, são mais económicos, sem fios, sem ruído e sem limites.

 

produtos de jardinagem a bateria da honda

produtos de jardinagem a bateria da honda

Uma bateria de 56V - Inúmeras possibilidades:
Mais flexibilidade para os trabalhos de jardinagem

gama de produtos

gama de produtos a bateria

BATERIAS E CARREGADORES

Baterias 2.0 Ah & 4.0 Ah

O coração das nossas máquinas é constituído pelas potentes baterias de iões de lítio de 56V, nas versões com baterias de 2 Ah ou de 4 Ah.

bateria_4ah

Bateria 4 Ah, 56V, 224 Wh, 2,20Kg, 25 / 30 min carga*

bateria_2ah

Bateria 2 Ah, 56V, 112 Wh, 1,26Kg, 25 / 30 min carga*

 

A bateria Honda disponibiliza ao utilizador 112 Wh, logo na versão de 2 Ah - cerca de 55% mais do que os aparelhos convencionais disponíveis no mercado com a tecnologia de 36V.

 

Carregadores de Baterias 210W e 550W

As duas versões de baterias ficam novamente operacionais ou com um carregador standard de 210W ou com um carregador rápido de 550W. Consoante o carregador, o aparelho fica novamente operacional após, aproximadamente, 25 min.

carregador  HBC 550W

Carregador HBC 550W

carregador_hbc210w

Carregador HBC 210W

nota: os vários carregadores e baterias podem ser combinados livremente entre si.

 

ROÇADORA A BATERIA - HHTE 38

Seja em cantos difíceis, com relva alta ou em zonas de mato, a roçadora a bateria Honda garante-lhe sempre resultados de corte precisos.

O motor sem escovas de 56V proporciona uma regulação contínua da potência disponível. O que permite alcançar velocidades de fio de, até, 5800 rpm.

cordless_01_sem

56V, 38cm diâmetro de corte, 2,4mm espessura fio de nylon, 3,0Kg peso, 28/39 min. funcionamento (2 Ah / 5 Ah).

 

SOPRADOR A BATERIA - HHBE 81

Terraços, caminhos ou relvados - o soprador de folhas a bateria adapta-se às diferentes situações, graças à sua velocidade variável do ar.

Além disso, o soprador a bateria possui um botão turbo para o máximo fluxo de ar. O motor sem escovas de 56V garante-lhe um longo período de funcionamento, poucas vibrações e maior vida útil do motor.

podador

56V, 810m3/h fluxo de ar, 3 modos - normal, max., boost, 2,3Kg peso, 18/31 min. funcionamento (2 Ah/4 Ah)

 

PODADOR A BATERIA - HHHE 61 LE

Corte fácil e confortavelmente sebes e galhos de crescimento rápido com o podador a bateria Honda.

Graças às lâminas especiais com 61 cm e ao motor de 56V, proporciona um corte preciso e potente. Além disso, elimina também galhos e ramos com uma espessura de até 22 mm com muita facilidade, garantindo um resultado de corte perfeito.

podadora

56V, 61cm comprimento de corte, 22mm espessura de corte, 2,8Kg peso, 65/130 min. funcionamento (2 Ah/4 Ah)

Alfaias e Acessórios para Motocultivadores Honda

Descrição das Alfaias e Acessórios para Motocultivadores Honda

Alfaia / Acessórios Aplicação 

Fresa standard

Alfaias e Acessórios para Motocultivadores Honda

É o acessório mais usado nas motoenxadas. Destina-se principalmente à cava em terrenos normais e para desterroar os terrenos recém-lavrados. Compõe-se de 4 a 8 estrelas dependente do tamanho da máquina, sendo cada estrela formada por 4 facas de aço, laminado a frio, de alta resistência ao desgaste. Em ambas as extremidades existem discos para proteção das plantas. Permite cavar até 30 cm de profundidade.

Fresa lavoura 6 estrelas + discos

fresa-lavoura

Este acessório tem funções e dimensões similares à fresa standard, mas uma curvatura, em forma de cutelo, nas facas aumenta a eficiência em terrenos com erva.

Fresa traseira 0,75 m

fresa-traseira-f720-01

 Muito conhecida das gentes da agricultura, tem algumas vantagens mas também não lhe faltam incovenientes. O aspecto final da fresagem e a facilidade com que se trabalha serão as poucas vantagens. Como incovenientes podemos apontar os mais importantes:

a) Abaixo dos 20 cm o terreno torna-se muito duro, compactado e impermeável, o chamado "calo" que provocará um lamaçal às primeiras chuvas ou uma forte enchurrada.

b) Devido à grande velocidade de rotação da fresa, o terreno pode ficar demasiado pulverizado com a consequente quebra da textura grossa tão necessária à fixação das raízes das plantas. Na poeira as plantas fixam-se com mais dificuldade (por exemplo desertos).

Fresa de sachar

Caracteriza-se pela forma em "L" das facas que proporciona um trabalho eficaz sem prejuízo das raízes das plantas. Permite sachar entre linhas com larguras entre 30 e 50 cm. Compõe-se de 2 ou 4 estrelas de 6 facas e está equipada com discos para proteger as plantas.

Fresa japonesa

Assim chamada por ter sido trazida do Japão, inicialmente para França, mas entretanto de generalizada utilização na Europa. É especialmente recomendada para terrenos muito duros ou com muitas pedras soltas. A velocidade adequada é sempre baixa (60 a 80 rotações por minuto).

Charrua 1/2 volta 8"

charrua-meia-volta

 Constituída por duas aivecas que utiliza alternadamente conforme o sentido da marcha da máquina. Na charrua de 1/2 volta as aivecas estão montadas formando um ângulo de 180º

Arado descentrável de varetas

arado-descentrado-varetas

  Com funções semelhantes às da charrua, permite a reversibilidade graças ao formato especial da sua única aiveca. Sendo de varetas é muito útil em terreno pesado, enquanto que o liso se usa em terrenos arenosos. Pode deslocar a aiveca por forma a abrir sulcos fora do alinhamento do centro da máquina.

Arado descentrável liso

  Com funções semelhantes às da charrua, permite a reversibilidade graças ao formato especial da sua única aiveca. Sendo de varetas é muito útil em terreno pesado, enquanto que o liso se usa em terrenos arenosos. Pode deslocar a aiveca por forma a abrir sulcos fora do alinhamento do centro da máquina.

Abre Regosabre-regos

Trata-se de uma alfaia munida de duas aivecas simétricas cujo afastamento determina a largura do rego a abrir. A terra é atirada para ambos os lados. Usado em conjunto com a fresa de sachar permite amontoar ao mesmo tempo. Na sementeira das batatas tem um bom desempenho.

Arranca batatasarranca-batatas-00_1

Uma alfaia muito útil para colher as suas batatas sem esforço. A sua configuração permite ao utilizador retirar daterra as batatas sem as esfolar ou cortar.

Barra de corte 1,07 m

Para cortar erva pode adaptar-se uma barra de corte aos motocultivadores HONDA com tomada de força lateral (F560, e F720 ). Para esta alfaia recomenda-se o uso de rodas pequenas.

Rodasrodas

Garantida a máxima aderência e conforto. Veios e suportes incluídos. Usar com alfaias rebocáveis ou com reboque. Par de rodas 6.00-12

Pesos Rodaspesos-rodas

Essencial no trabalho de arrasto e tração. Os contrapesos são colocados nas rodas para melhorar a aderência da máquina aumentando a pressão das rodas no terreno. Par pesos (84Kg) para rodas 6.00-12

Peso Frontalcontrapeso

Usar para equilibrar o peso das alfaias rebocáveis. Com o contrapeso frontal de 25 Kg consegue-se um melhor equilíbrio do motocultivador durante o trabalho. Reduzindo consideravelmente a sensação de cansaço. Essencial em trabalhos de tracção e arraste.

Formação Agro Jardim Honda 2015

Acção de formação Agro Jardim Honda 2015

- Geradores série EC e EU

- Motobombas série WX, WB, WH, WT, Q e QP

- Motoroçadoras série UMS, UMK e UMC

Roçadoras Honda, Tiago

Roçadoras Honda, Tiago



- Corta mato série Xtrem

Corta Mato Pubert by Honda, Bruno e José Duarte

Corta Mato Pubert by Honda, Bruno e José Duarte

- Motocultivadores série F

Motocultivador F720, Francisco Cavaco

Motocultivador F720, Francisco Cavaco

Motocultivador F560, Francisco Cavaco

Motocultivador F560, Francisco Cavaco



- Motoenxadas série F, FG e FJ

agro jardim honda

Motoenxada Pubert FG320R by Honda, José Duarte

agro jardim honda

Motoenxada Honda F220, Pedro

 

Motoenxada Honda F220

Motoenxada Honda F220

 

Motoenxada F220, Francisco Cavaco

Motoenxada F220, Francisco Cavaco

- Corta relva série IZY, HRX, HRD e HRH

Corta Relva Honda IZY 53 VK

Corta Relva Honda IZY 53 VK

Corta Relva Honda IZY 53 VK

Corta Relva Honda IZY 53 VK

Corta Relva Honda IZY 53 VK

Corta Relva Honda IZY 53 VK

Corta Relva Honda HRH 536 Profissional

Corta Relva Honda HRH 536 Profissional

- Tractor corta relva serie HF

Trator Corta Relva Honda HF 2717

Trator Corta Relva Honda HF 2717

Trator Corta Relva Honda HF 2417

Trator Corta Relva Honda HF 2417

Escarificadores Pubert by Honda

Escarificador Pubert Cesar by Honda

Escarificador Pubert Cesar by Honda

Escarificador Pubert Oscar Pro

Escarificador Pubert Oscar Pro

Varejador de Azeitonas

Varejador de Azeitonas de pente Campagnola Alice Power 25

Varejador Alice é a cabeça de colheita para todos os tipos de azeitonas, sem qualquer distinção entre árvores predispostas à mecanização, bem podadas, ou volumosas, em terrenos planos ou inclinados. O característico e exclusivo movimento duplo dos pentes do varejador Alice (patenteado pela Campagnola) é a grande inovação: alternadamente, enquanto os pentes oscilam, movem-se lateralmente, os dentes movem-se em sentido rotativo e oposto, criando uma elipse de 8 x 7 cm, o que permite um maior raio de colheita. Este peculiar movimento de oscilação e rotação permite também a eliminação total das vibrações transmitidas à ferramenta e ao operador. Graças a um uso insteligente dos materiais de construção, o varejador Alice é muito leve e resistente. Uma robusta carcaça de liga de magnésio protege os orgãos de transmissão de movimento aos dentes contra a poeira, sujidade e choques. Os dois pentes produzem 1150 ciclos por minuto. Têm 11 dentes intercambiáveis, subtis e robustos, de duas medidas, para uma melhor penetração na planta.

Varejador de Azeitonas

A unidade de potência Power Motor 25 Alice é leve e manejável e confirma a alta qualidade dos produtos profissionais Campagnola. Equipada com um motor a gasolina de 4 tempos Honda GX25, Power Motor 25 Alice é uma ferramenta ideal para a colheia de azeitonas e café. Elegida por quem procura a máxima autonomia de trabalho, é potente, fiável e de simples utilização. Caracteriza-se pelo peso e vibrações mínimas, contribuindo enormemente para reduzir o esforço do operador em condições de uso prolongado.

Dados Técnicos
- Movimento duplo
- Peso do pente: 1,22 Kg
- Peso do motor: 5,15 Kg
- Dentes de resina termoplástica
- Ideal para oliveiras muito densas e não podadas
- Velocidade do pente: 1080-1150 rpm
- Motor Honda GX25
- Potência do motor: 1,0 CV
- Haste de 2 m

VER PREÇO / COMPRAR

 

Varejador de Azeitonas de gancho Campagnola El Toro Evoluzione

O varejador El Toro Evoluzione de gancho é usado principalmente para a colheita da azeitona e com base no equilíbrio entre peso e velocidade de agitação, GSM El Toro Evoluzione realiza um excelente desempenho.
As vibrações não são transmitidos para o operador, mas para os ramos, alguns minutos são o suficiente para fazer todas as azeitonas caírem. A transmissão da vibração, patenteado pela Campagnola, isola a unidade de agitação (formado por um pólo de extensão, um mecanismo de cinemática e um motor) a partir dos pontos de manobra. Desta forma, o operador pode trabalhar sem receber as vibrações da máquina.

Varejador El Toro

Conforto garantido para o operador porque a acção de impulso apenas se transmite ao ramo.

Alça de ombro ergonómica - Ergonomicamente projectada pa uso profissional, foi concebida com materiais inovadores e equipada com acolchoados para o conforto do operador. Os amortecedores de borracha NBR tornam os movimentos mais suaves.

Sistema anti-vibração patenteado - Permite a máxima redução das vibrações transmitidas ao operador. As pegas e a alça de ombro estão completamente isoladas do conjunto de impulsão.

Encaixe rápido - Permite conectar e desconectar rapidamente a vara do corpo do motor e gancho.

Gancho - Fabricado em molde quente de liga Erga, têm roldanas giratórias de borracha NRB 70º SHORE muito resistentes, para evitar um desgaste precoce e por sua vez macios, para não danificar os ramos.

VER PREÇO / COMPRAR

Da experiência e das continuas investigações da Campagnola nasce o novo gancho vibrador EL TORO. Dedicado sobre tudo à colheita da azeitona e realizado segundo um conceito inovador que balanceia pesos e velocidade de impulsão, EL TORO garante uma acção vibratória extremamente eficaz. Como as vibrações se transmitem exclusivamente aos ramos, poucos segundos são necessários para fazer cair todos os frutos. O sistema original de transmissão de movimento patenteado pela Campagnola, separa o conjunto vara-cinematismo-motor dos ponto de controlo do operador, que pode trabalhar sem receber nenhuma vibração com total segurança. Com o novo modelo Evoluzione, Campagnola realizou um inovador sistema de transmissão que não necessita de regulações, melhorando a fiabilidade e o rendimento. O peso é 1Kg inferior ao modelo anterior e a nova pega assegura um uso do varejador El Toro muito mais cómodo.

Comprar Motosserras - Corte de Lenha e Poda

motosserras-capa

As motosserras são máquinas portáteis com uma serra mecânica com um conjunto de dentes ligados a uma cadeia rotativa, que corre ao longo de uma guia. São utilizadas em atividades de corte como o derrube de árvores, para colher lenha e em atividades de poda. Alguém que usa uma motoserra é um lenhador.

Motosserras são por vezes utilizados para o corte de gelo, por exemplo, para escultura de gelo e até no corte de betão.

Construção das Motosserras

A motosserra consiste em várias partes:

  • Motor - quase sempre um a dois tempos gasolina (petrol) motor de combustão interna, normalmente com um volume de cilindro de 30-120 cm 3 ou um motor eléctrico.
  • Embraigem - tipicamente uma embraiagem centrífuga e pinhão.
  • Guia - uma barra alongada com uma rodada final de resistente ao desgaste ligas de aço tipicamente 40 a 90 cm (16 a 36 in) de comprimento. Um slot borda guia a corrente de corte. Bares de estilo laço especializadas, chamadas de arco bares, também foram utilizados em um momento de toras registros e limpando escova, embora sejam agora raramente encontrado devido ao aumento dos riscos de operação.

dentes-motosserra

  • Corrente de corte - Normalmente cada segmento desta cadeia (que é construído a partir de seções de metal rebitadas semelhantes a uma corrente de bicicleta, mas sem rolos) apresenta pequenos dentes de corte afiados. Cada dente tem a forma de uma aba dobrada do cromado de aço com um canto curvo ou angular afiada e dois bordos de corte, uma sobre o prato de topo e um na placa lateral. Dentes com a mão esquerda e destros são alternadas na cadeia. Cadeias vêm em diferentes campo e medidor; a altura de uma cadeia é definido como metade do comprimento calibrado por quaisquer três rebites consecutivos (por exemplo, 8 mm, 0,325 polegadas), enquanto o medidor é a espessura da ligação de accionamento onde se encaixa na barra de guia (por exemplo, 1,5 mm, 0,05 polegada). Convencional cadeia "conjunto completo" tem um dente para cada dois elos de condução. "Salto Full" cadeia tem um dente para cada três elos de condução. Criada em cada dente é um medidor de profundidade ou "raker", que cavalga à frente do dente e limita a profundidade do corte, normalmente para cerca de 0,5 mm (0,025 "). Medidores de profundidade são críticos para o funcionamento da cadeia de segurança. Se não for muito alto eles vão causar corte muito lento, se apresentou muito baixa a cadeia vai tornar-se mais propenso a chutar para trás. calibres baixa profundidade também fará com que a serra para vibrar excessivamente. Vibração não é apenas desconfortável para o operador, mas também é prejudicial para a serra.
  • Mecanismo de tensionamento - alguma forma a ajustar a tensão na corrente de corte de modo que não se liga nem sobre se soltar da barra de guia.

A parte inferior de cada segmento dispõe de um pequeno dedo metal chamado de "link drive" que localiza a cadeia na guia, ajuda a transportar óleo lubrificante em torno da gui , e se envolve com acionamento do motor roda dentada no interior do corpo da serra.

O motor impulsiona a corrente ao redor da pista por uma embreagem centrífuga, envolvendo a cadeia com o aumento da velocidade do motor sob o poder, mas permitindo que ele parar, como a velocidade do motor diminui a marcha lenta.

Melhorias dramáticas, dispositivos de segurança motosserra e design geral tiveram lugar desde a invenção do motosserra, salvando muitas vidas e evitar inúmeros ferimentos graves. Estes incluem sistemas chainbrake, melhor desenho da cadeia e sistemas anti-vibração.

Como motosserra escultura tornou-se mais popular, os fabricantes de motosserras estão fazendo curtas, barras estreitas de ponta especiais para esculpir. Estes são chamados "trimestre Pontas", "níquel com ponta" ou "dime Pontas" barras, com base no tamanho da ponta arredondada.

Manutenção

Motosserras dois tempos exigem cerca de 2-5% de óleo no combustível para lubrificar o motor, enquanto o motor em motosserras elétricas é normalmente lubrificados para a vida.

Separado do óleo da corrente ou óleo bar é usado para a lubrificação da barra e corrente em todos os tipos de cadeia de-serra. O óleo de corrente se esgota rapidamente, porque ele tende a ser jogado fora por cadeia de força centrífuga, e é absorvido pela serragem. Em serras de dois tempos o reservatório de óleo de cadeia é normalmente cheio, ao mesmo tempo que o reabastecimento. O reservatório é normalmente grande o suficiente para fornecer óleo de corrente suficiente entre reabastecimento. Falta de óleo de cadeia, ou usar um óleo de incorreta viscosidade, é uma fonte comum de dano para motosserras, e tende a levar a um rápido desgaste do bar, ou a cadeia de apreensão ou saindo do bar. Além de ser muito grosso, óleo da corrente é particularmente pegajoso (devido a "tackifier aditivos") para reduzir a quantidade deitado fora da corrente. Embora o óleo do motor é um substituto de emergência comum, ele está perdido ainda mais rápido e assim deixa a cadeia sob lubrificado.

manutencao-motosserras

Cadeias devem ser mantidas afiadas para um bom desempenho. Eles se tornam atenuar rapidamente se eles tocarem o solo, metal ou pedras. Quando romba, que tendem a produzir pó de serradura, em vez do que os mais longos, aparas limpas característicos de uma corrente afiada; uma serra afiada também precisa de muito pouco força do operador para empurrá-lo para o corte. Cadeias endurecidos especiais (feito com carboneto de tungsténio) são usados ​​para aplicações onde o solo é susceptível de contaminar o corte, tal como para o corte através de raízes.

O filtro de admissão de ar tende a entupir com serragem. Este deve ser limpa de vez em quando, mas não é um problema durante a operação normal.

Segurança das Motosserras

Apesar características de segurança e roupas de proteção, as lesões ainda podem surgir do uso motosserra, a partir das grandes forças envolvidas no trabalho, a partir do movimento rápido, corrente afiada, ou a partir da vibração e ruído da máquina.

seguranca-motosserras

Um acidente comum surge da propina, quando um dente corrente na ponta da barra de guia sobre as capturas de madeira sem cortar por ele. Isto lança o bar (com sua cadeia de movimento) em um arco para cima em direção ao operador que pode causar sérios lesões ou até mesmo a morte.

Outra situação perigosa ocorre quando a madeira pesada começa a cair ou mudança antes de um corte está completa -. O operador motosserra pode ser preso ou esmagado. Da mesma forma, a madeira caindo em uma direção não planejada pode prejudicar o operador ou outros trabalhadores, ou um operador trabalhando em altura pode cair ou ser ferido por queda madeira.

Como outras máquinas de mão, a operação de motosserras pode causar vibração dedo branco, zumbido ou surdez industrial.

Os riscos associados ao uso de motosserras significa que roupas protetoras como botas de motosserra, calças de motosserra e protetores auditivos são normalmente usados ​​durante a operá-los, e muitas jurisdições requerem que os operadores ser certificados ou licenciados para trabalhar com motosserras. Lesão também pode resultar se as quebras de cadeia durante a operação devido à má manutenção ou a tentativa de cortar materiais inadequados.

Motosserras a gasolina expor os operadores a prejudicial de monóxido de carbono (CO) de gás, especialmente em ambientes fechados ou em áreas externas parcialmente fechados.

Gota de partida, ou ligar uma motosserra, largando-o com uma mão enquanto puxa o cordão de partida com o outro, é uma violação de segurança na maioria dos estados em os EUA Manter as duas mãos sobre a serra para a estabilidade é essencial para uma utilização segura motosserra.

Técnicas de trabalho com Motosserras

Formação Chainsaw é projetado para fornecer trabalhando conhecimentos técnicos e habilidades para operar com segurança o equipamento.

  • SizeUp - Esta é scouting e planejando cortes seguros, antes de iniciar a serra.
  • Derrubada - O objectivo é que a árvore a cair com segurança para limbing e atravessar cortando o log. Inclui considerações para magra, curva, vento, ramos, obstáculos, carga de neve e danos árvore. O objetivo é evitar que a queda de árvore em árvore ou outro obstáculo. Depois de limpar base de vegetação rasteira da árvore para o caminho retiro e na direcção de queda; abate é feito corretamente, com três cortes principais. Para controlar a queda, os cortes superior e inferior são feitas de modo a formar uma charneira em cunha 45 graus na linha de corte direccional. A partir do lado oposto da cunha, o corte de abate é feita horizontalmente e ligeiramente acima do corte inferior. Quando a dobradiça está definido corretamente, o corte de abate começará a queda na direção desejada.  A sitback é quando uma árvore se move para trás na direcção oposta à pretendida. Colocando uma cunha no corte de abate pode impedir que um sitback de beliscar a serra.
  • Limbing - Esta é cortar os galhos do tronco. O operador deve ser capaz de alcançar adequadamente o corte para evitar o contragolpe.
  • Bucking - Esta é transversal cortando o log derrubadas em seções. Setup é feito para evitar a ligação de motosserra dentro das mudanças de log tensões e compressões. Bucking seguro é iniciado no highside log e, em seguida, trabalhou seções impedimento, em direção à extremidade mais grossa. O log de-jogo cai e permite a gravidade para ajudar a impedir que se liga. Assistindo movimento kerf do log durante o corte, ajuda a indicar se liga. Equipamento Adicional (elevadores, bares, cunhas e guinchos) e técnicas especiais de corte pode ajudar a prevenir liga.
  • Vincula - Isto é, quando a motosserra está em risco ou está preso na compressão de log. Um registo ligado serra não é segura, e deve ser cuidadosamente removidos para evitar danos no equipamento.
  • Top ligamento - A área de tensão na parte inferior log, compressão no topo.
  • Ligamento inferior - A área de tensão em cima log, a compactação na parte inferior.
  • Ligamento lateral - Sideways pressão exercida sobre log.
  • Ligam End - Peso comprime seção inteira cruz do log.
  • Escovar e cortar - Esta é limpar rapidamente pequenas árvores e galhos sob diâmetro de 5 polegadas. A piler mão pode seguir junto para sair detritos.

História das Motosserras

A origem é debatido, mas uma ferramenta de motosserra semelhante foi feito por volta de 1830 pelo ortopedista alemão Bernhard Heine. Este instrumento, o osteótomo, tinha elos de uma corrente transportando pequenos dentes de corte com as bordas definidas em um ângulo; a cadeia foi movido em torno de uma lâmina guiando por girar a manivela de uma roda dentada. Como o nome indica, este foi usado para cortar ossos. O protótipo da moto-serra familiarizados hoje na indústria da madeira foi iniciada no final do século 18 por dois médicos escoceses, John Aitken e James Jeffray, para sinfisiotomia e excisão osso doente, respectivamente. A moto-serra lado, uma multa cadeia serrilhada link que cortar no lado côncavo, foi inventado em torno de 1783-1785. Ele foi ilustrado em Princípios da obstetrícia ou Puerperal Medicine (1785) de Aitken e usado por ele em sua sala de dissecação. Jeffray alegou ter concebeu a idéia da cadeia viu de forma independente sobre esse tempo, mas foi antes de 1790, ele foi capaz de tê-lo produzido. Em 1806, publicou Jeffray Casos do Excisão de Juntas de cárie por H. Park e PF Moreau com Observações de James Jeffray MD. Nesta comunicação, ele traduziu papel de 1803. Parque de Moreau e Moreau descrito excisão bem sucedida de articulações doentes, particularmente o joelho e cotovelo. Jeffray explicou que a motosserra permitiria uma ferida menor e proteger o feixe neurovascular adjacente. Enquanto um conceito heróico, sinfisiotomia teve muitas complicações para a maioria dos obstetras, mas as idéias de Jeffray tornou-se aceito, especialmente após o desenvolvimento de anestésicos. Versões mecanizadas da motosserra foram desenvolvidos, mas no século 19 depois, ele foi substituído em cirurgia pela Gigli torcido serra do fio. Durante grande parte do século 19, no entanto, a motosserra era um instrumento cirúrgico útil.

esquema-motosserras-historia

McCulloch serra elétrica
A primeira motosserra portátil foi desenvolvido e patenteado em 1918 pelo millwright canadense James Shand. Depois que ele permitiu que seus direitos caduquem em 1930 sua invenção foi desenvolvida com o que se tornou a empresa alemã Festo em 1933. A empresa agora opera como Festool produção de ferramentas elétricas portáteis. Outros importantes contribuintes para a motosserra moderna são Joseph Buford Cox e Andreas Stihl; este último patenteado e desenvolvido uma motosserra elétrica para uso em sites bucking em 1926 e uma motosserra a gasolina em 1929, e fundou uma empresa para produzir em massa-los. Em 1927, Emil Lerp, o fundador da Dolmar, desenvolvido pela primeira vez motosserra e movido a gasolina do mundo produzido em massa-los.

II Guerra Mundial interrompeu o fornecimento de motosserras alemãs para a América do Norte assim que novos fabricantes surgiram incluindo Engenharia Industrial Ltd (IEL), em 1947, o precursor da Pioneer Serras. Ltd e parte do motor de popa Marine Corporation, o mais antigo fabricante de motosserras na América do Norte.

McCulloch na América do Norte começou a produzir motosserras em 1948. Os primeiros modelos eram, dispositivos de duas pessoas com pesadas barras longas. Muitas vezes motosserras eram tão pesadas que eles tinham rodas como dragsaws. Outros equipamentos usados ​​linhas expulsos de uma unidade de energia de rodas para conduzir a barra de corte.

Após a Segunda Guerra Mundial, melhorias no design de alumínio e motor iluminada motosserras para o ponto onde uma pessoa poderia levá-los. Em algumas áreas os skidder (motosserra) tripulações foram substituídos pelo feller buncher e harvester.

Motosserras foram quase totalmente substituídas simples serras alimentado pelo homem na silvicultura. Eles vêm em vários tamanhos, de pequenas serras elétricas para uso doméstico e jardim, a grandes serras "lenhador". Os membros do engenheiro militar unidades são treinados para usar motosserras.

Motosserras Dolmar

Motoserra Dolmar

Dolmar construiu na Alemanha as sua primeira motosserra em 1927. Desde então as necessidades dos usuários têm direcionado a nossa filosofia de fabricação e vendas.
Hoje temos o orgulho, não somente de ser dos fabricantes de motosserras mais antigos do mundo, mas também ter uma reputação reconhecida mundialmente na qualidade das nossas máquinas.

Não é de estranhar que a qualidade Dolmar tenha a certificação ISO9002, obtida em 1996. Qualidade normalmente reflectida a longo prazo, prova disso é a opinião dos nossos clientes. As máquinas Dolmar têm design ergonômico e são fabricadas sob rigoroso padrão de qualidade. Além das motosserras, a Dolmar tem um vasta gama de produtos para profissionais nas áreas da jardinagem, indústria, silvicultura e agricultura.

Products 1 to 6 of 17 total
Products 1 to 6 of 17 total

A Tecnologia Dolmar

As motosserras DOLMAR são fabricada tendo em conta princípios da ergonomia. O desenho obedece às exigências das novas técnicas de trabalho florestal , permitindo que trabalhe sem fadiga para o bem estar do operador. Uma boa distribuição do peso permite um bom trabalho em todas as posições.

Anti-Vibração

Amortecedores anti-vibração separam a unidade do motor e deposito das pegas. Segundo a lei da física da inércia, obtêm-se um amortecimento anti-vibrante optima em ambas as pegas. Isto significa que as mãos permanecem imóveis, permitindo uma maior segurança e precisão no corte.

Características do Motor

Uma boa moteserra, além de potente, deve ser leve e manejável para conseguir uma alta eficiência de corte. A relação entre a potência média em kW e o peso do motor em Kg é um factor de comparação útil para escolher a motosserra ideal. Potência = Par x Peso. As motosserras Dolmar possuem um excelente relação peso/potência graças à utilização de materiais leves e modernos, assim como uma construção precisa em todos os seus detalhes, por exemplo a Dolmar PS7900/50 com uma potência de 4,6 kW e um peso de motor de 6,3 Kg, corresponde a um peso de somente 1,37 Kg por kW. Por isso não é de estranhar que estas motoserras sejam umas das preferidas dos profissionais em trabalhos florestais.

Bomba de "Ferragem"

A bomba de combustível, proporciona um enchimento de combustível no carburador

Sistema de Filtragem

As motoserras Dolmar utilizam um filtro duplo de ar com pré-filtro e filtro principal. Dentro da gama de filtros de ar utilizados, por motoserras Dolmar, temos duas classes - Filtros de Nylon: utilizados especialmente para lugares com grande nível de humidade e pouca quantidade de pó no ambiente de trabalho e Fitros de Robcoflock: filtro menos poroso utilizado em lugares secos e em ambiente de grande quantidade de pó.

HappyStart

Reduz o esforço de arranque em 70%. A designação técnica é "Válvula Descompressora". Ao pressionar o botão, abre-se a válvula e escapa-se uma pequena quantidade de ar de combustão, sem no entanto, haver compressão suficiente para encandear a mistura. Quando se processa a primeira combustão, a válvula fecha-se automaticamente e o botão HappyStart volta à sua posição original, a máxima compressão é restaurada e o motor começa a trabalhar. Normalmente, a redução de esforço é 70% menor no arranque do motor.

Motocultivadores Honda - Compre Online

motocultivadores-honda-capa

Para os trabalhos de lavoura de maiores dimensões, como preparar a horta ou refazer um relvado, deve usar-se um motocultivador. É um aparelho potente, equipado com várias velocidades de trabalho e de avanço (mais um marcha-atrás). Deve ser usado um motocultivador para superfícies acima dos 500 m².

Promoção Motocultivador Honda F560 Com Rodas e Pesos até 31 de Março de 2015

Motocultivador Honda F560 Promoção

Motocultivador Honda F560 Promoção

A promoção inclui:

  • Motocultivador Honda F560
  • Rodas 5.00-10
  • Pesos 60 Kg
  • Peso Frontal 20 Kg
  • Arado de Varetas
  • Arranca Batatas
  • Fresa

Motocultivadores Honda Com Rodas e Pesos

Modelo Informação Preço c/IVA
F506 RODAS 4.00-10 + EIXO DIF 4F + PESOS 60KG + PESO FRONTAL 12KG 2458.53 €
F506 RODAS 4.00-10R + EIXO DIF 4F + PESOS 40KG + PESO FRONTAL 12KG 2274.85 €
F506 RODAS 5.00-10R + EIXO DIF 4F + PESOS 40KG + PESO FRONTAL 12KG 2286.84€
F560 RODAS 5.00-10 + PESOS 60KG + PESO FRONTAL 20KG 2994.44 €
F560 RODAS 5.00-10R + PESOS 40KG + PESO FRONTAL 20KG 2790.04 €
F720 RODAS 6.00-12 + PESOS 84KG + PESO FRONTAL 25KG 3511.39 €

Motocultivadores Honda Com Fresa Traseira

Modelo Informação Velocidade Preço c/IVA
F560 FRESA TRASEIRA + RODAS 4.00-10 R + PESO 12KG 6+2 3678.17 €
FR750 FRESA TRASEIRA + RODAS 3.50-7 2+1 2513.97 €
F720 FRESA TRASEIRA + RODAS 5.00-10 DUNLOP + PESO 20KG 6+2 4443.73 €

O IVA aplicado aos motocultivadores é de 13%.
Todas as motocultivadores Honda funcionam a gasolina sem chumbo.
Expedimos encomendas através dos CTT EMS18 ou da transportadora GLS. Contacte-nos para se informar do prazo de entrega.

Comercialização de Peças Honda

A Hidraulicart como concessionários Honda Portugal, dá assistência e também comercializa todas as peças genuínas referentes às motoenxadas e motocultivadores Honda. Se pretender alguma peça por favor indique-nos o modelo, a referência e o número de série (ver o autocolante e letras / números gravados no carter do motor).

Garantia e Assistência Motocultivadores Honda

A garantia é de 2 anos e os motocultivadores Honda podem ser entregues para assistência em qualquer concessionário Honda na Europa.

Os modelos Honda diferenciam-se pelas suas características de:

  • Utilização fácil
  • Máxima eficácia
  • Máxima segurança
  • Máximo conforto

Opte por um modelo Honda e tenha a garantia deque compra um produto genuíno, onde a fiabilidade é uma constante e onde a assistência técnica está garantida.

Características dos Motocultivadores Honda

Os moto-cultivadores Honda estão totalmente equipados com uma gama de características funcionais e práticas para ajudar a realizar os trabalhos mais difíceis de forma rápida e eficiente.

Série F

Modelos: F506, F560 e F720
O modelo F506 é um bom moto-cultivador, para quem quer um produto polivalente. Já a F560 é sem dúvida a máquina mais equilibrada e fácil de operar. O modelo F720 caracteríza-se por maior força e robustez.

Série FR

Modelo: FR750
Este modelo vem equipado com fresas traseiras contra-rotativas (ARS) que preparam muito bem a terra antes de a semear.

Uso de Arado Descentrado Versus Arado Fixo

Não recomendamos o uso de um arado descentrado na motoenxada FJ500 se o terreno não for cultivado à bastante tempo, se a terra estiver muito compactada ou se houver bastantes pedras. Para um uso eficaz desta alfaia recomendamos motocultivador F506 ou então optar pelo arado fixo na FJ500.

Motocultivador Honda F506 - Melhores Preços e Acessórios

inclui:
- rodas 5.00-10R
- eixo dif 4F
- peso 40kg
- peso frontal 12kg
Preço: 1943€ c/IVA incluído

Acessórios para o F506:

arado descentrado de varetas
Preço: 253€ c/IVA incluído

Fresa standard 6 estrelas + discos
Preço: 156€ c/IVA incluído

Motocultivadores Honda Comparativo

motocultivadores-honda-comparativo

Diferença entre motoenxada e motocultivador

Uso do Motocultivador Honda F560 Para O Cultivo de Batatas

  1. Preparar o terreno: Se o terreno estiver apertado é necessário usar o motocultivador com o arado de varetas. De seguida é necessário fresar o terreno. Para fresar o terreno não é necessário usar as rodas e pesos, pois esta alfaia é instalada no eixo da máquina.
  2. Plantar: Para fazer a plantação de batatas utiliza-se a alfaia abre regos. É necessário usar os pesos de 60 Kg, peso frontal de 20 Kg  e as rodas 5.10 pesos de 60 kg, para aguentar a máquina quando a fresa se enterra no terreno e o operador ter facilidade em operar a máquina.
  3. Colher: Na altura da colheita utiliza-se a alfaia arranca-batatas também com os pesos e rodas.

Descrição das Alfaias e Acessórios para Motocultivadores Honda

Alfaia / Acessórios Aplicação 

Fresa standard

É o acessório mais usado nas motoenxadas. Destina-se principalmente à cava em terrenos normais e para desterroar os terrenos recém-lavrados. Compõe-se de 4 a 8 estrelas dependente do tamanho da máquina, sendo cada estrela formada por 4 facas de aço, laminado a frio, de alta resistência ao desgaste. Em ambas as extremidades existem discos para proteção das plantas. Permite cavar até 30 cm de profundidade.

Fresa lavoura 6 estrelas + discos

Este acessório tem funções e dimensões similares à fresa standard, mas uma curvatura, em forma de cutelo, nas facas aumenta a eficiência em terrenos com erva.

Fresa traseira 0,75 m

 Muito conhecida das gentes da agricultura, tem algumas vantagens mas também não lhe faltam incovenientes. O aspecto final da fresagem e a facilidade com que se trabalha serão as poucas vantagens. Como incovenientes podemos apontar os mais importantes:

a) Abaixo dos 20 cm o terreno torna-se muito duro, compactado e impermeável, o chamado "calo" que provocará um lamaçal às primeiras chuvas ou uma forte enchurrada.

b) Devido à grande velocidade de rotação da fresa, o terreno pode ficar demasiado pulverizado com a consequente quebra da textura grossa tão necessária à fixação das raízes das plantas. Na poeira as plantas fixam-se com mais dificuldade (por exemplo desertos).

Fresa de sachar

Caracteriza-se pela forma em "L" das facas que proporciona um trabalho eficaz sem prejuízo das raízes das plantas. Permite sachar entre linhas com larguras entre 30 e 50 cm. Compõe-se de 2 ou 4 estrelas de 6 facas e está equipada com discos para proteger as plantas.

Fresa japonesa

Assim chamada por ter sido trazida do Japão, inicialmente para França, mas entretanto de generalizada utilização na Europa. É especialmente recomendada para terrenos muito duros ou com muitas pedras soltas. A velocidade adequada é sempre baixa (60 a 80 rotações por minuto).

Charrua 1/2 volta 8"

 Constituída por duas aivecas que utiliza alternadamente conforme o sentido da marcha da máquina. Na charrua de 1/2 volta as aivecas estão montadas formando um ângulo de 180º

Arado descentrável de varetas

  Com funções semelhantes às da charrua, permite a reversibilidade graças ao formato especial da sua única aiveca. Sendo de varetas é muito útil em terreno pesado, enquanto que o liso se usa em terrenos arenosos. Pode deslocar a aiveca por forma a abrir sulcos fora do alinhamento do centro da máquina.

Arado descentrável liso

  Com funções semelhantes às da charrua, permite a reversibilidade graças ao formato especial da sua única aiveca. Sendo de varetas é muito útil em terreno pesado, enquanto que o liso se usa em terrenos arenosos. Pode deslocar a aiveca por forma a abrir sulcos fora do alinhamento do centro da máquina.

Abre Regos

Trata-se de uma alfaia munida de duas aivecas simétricas cujo afastamento determina a largura do rego a abrir. A terra é atirada para ambos os lados. Usado em conjunto com a fresa de sachar permite amontoar ao mesmo tempo. Na sementeira das batatas tem um bom desempenho.

Arranca batatas

Uma alfaia muito útil para colher as suas batatas sem esforço. A sua configuração permite ao utilizador retirar daterra as batatas sem as esfolar ou cortar.

Barra de corte 1,07 m

Para cortar erva pode adaptar-se uma barra de corte aos motocultivadores HONDA com tomada de força lateral (F560, e F720 ). Para esta alfaia recomenda-se o uso de rodas pequenas.

Rodas

Par de rodas 6.00-12

Par de rodas 6.00-12 (grande)

Pesos Rodas

Par pesos (84Kg) para rodas 6.00-12

Peso Frontal

25 Kg

 

Motoenxadas Honda – Compre Online

motoenxadas honda

Cuidar do seu terreno ou horta pode ser um trabalho de "amor", mas não tem de ser um trabalho duro. A gama de moto-enxadas Honda a 4 tempos facilitam o trabalho em qualquer tipo de terreno. De canteiros de flores ou de vegetais, a parcelas cultivadas, passando por espaços comerciais e trabalhos adjudicados, temos um modelo funcional e de elevada eficiência adaptado a cada caso. As motoenxadas Honda são concepção ergonómica e efeciente, oferecendo uma vasta gama de acessórios e adaptações multi-funcionais que lhe permitem fazer mais do que apenas a sua função básica.

Motoenxadas Honda Grande Promoção até 31 de Março de 2016!

Motoenxadas Honda - Preços

#1)
FG205 c/ fresa std (motor GXV50)

FG 205

Preço: 886€ c/ IVA incluído
Preço campanha: 679€ c/ IVA incluído

 

#2)
FJ500 SER c/ fresa - 1 velocidade frente + 1 velocidade trás (motor GX160)

fj500serPreço: 861€ c/ IVA incluído
Preço campanha: 771€ c/ IVA incluído

 

#3)
F220 c/ fresa standard (motor GXV57)

f220Preço: 1067€ c/ IVA incluído
Preço campanha: 844€ c/ IVA incluído

 

#4)
FJ500 DER c/ fresa+roda transporte frente - 2 velocidades frente + 1 velocidade trás (motor GX160)
fj500derPreço campanha: 968€ c/ IVA incluído



#5)
FF500 c/ fresa frontal - 3 velocidades frente + 1 velocidade trás (motor GX160)
ff300Preço campanha: 2280€ c/ IVA incluído

 

Motoenxadas Honda - Acessórios

Para #1, #2
- Arando de varetas com regulação central - 193€ c/ IVA incluído
- Arado de varetas - 169,50€ c/ IVA incluído
- Fresa sachar 4 estrelas - 132€ c/ IVA incluído
- Fresa std 6 estrelas - 180€ c/ IVA incluído
- Fresa lavoura 6 estrelas - 180€ c/ IVA incluído
- Abre regos regulável - 57€ c/ IVA incluído
- Par rodas 4.00-10R - 165€ c/ IVA incluído
- Par rodas 5.50-8 - 285€ c/ IVA incluído
- Par pesos p/rodas 5.50-8 (50kg) - 122€ c/ IVA incluído
- Par pesos p/rodas 4-10 (40kg) - 140€ c/ IVA incluído
- Peso frontal 12Kg - 51€ c/ IVA incluído

Todas as motoenxadas Honda funcionam com gasolina sem chumbo.
Expedimos encomendas através dos CTT EMS18 ou da transportadora GLS. Contacte-nos para se informar do prazo de entrega.

Comercialização de Peças Honda

A Hidraulicart como concessionários Honda Portugal, dá assistência e também comercializa todas as peças genuínas referentes às motoenxadas e motocultivadores Honda. Se pretender alguma peça por favor indique-nos o modelo, a referência e o número de série (ver o autocolante e letras / números gravados no carter do motor).

Garantia e Assistência

A garantia é de 2 anos e as motoenxadas honda podem ser entregues para assistência em qualquer concessionário Honda na Europa.

Arado Centrado Versus Arado descentrado

Não recomendamos o uso de um arado descentrado na motoenxada FJ500 se o terreno não for cultivado à bastante tempo, se a terra estiver muito compactada ou se houver bastantes pedras. Para um uso eficaz desta alfaia recomendamos o motocultivador F560 ou então optar pelo arado fixo na FJ500.

Motoenxada FF500

A motoenxada Honda FF500 destaca-se por ter o motor Honda GCV 160 com uns impressionantes  5,5 Cv o que permite que o trabalho desta máquina se faça sem nenhum esforço por parte do utilizador!

Motoenxadas Micro

Até mesmo os terrenos mais pequenos podem representar um trabalho árduo. Nestes casos, a nossa série de micro moto-enxadas revela todo o seu potencial. Equipadas com a tecnologia revolucionária a 4 tempos Honda, estas máquinas super-leves são as mais pequenas da nossa gama. Fáceis de utilizar, transportar e guardar, são ideais para tarefas pequenas tais como canteiros de flores ou para revirar solo entretanto já arado.

Perfeitas para trabalhos mais leves em espaços reduzidos.
Com a gama de micro motoenxadas da Honda, não será necessário gastar tempo e esforço em tarefas morosas. Equipados com os nossos motores compactos a 4 tempos, estas máquinas leves e versáteis são especialmente adaptadas para cuidar de relvados, canteiros de flores e de vegetais. Para maior facilidade de utilização, são equipados com guiadores rebatíveis, pega e roda de transporte.

Motoenxadas Mini

Para terrenos pequenos com partes de vegetais, uma mini moto-enxada é mais rápida e mais fácil de usar do que uma pá. Estas máquinas pequenas mas muito capazes, recorrem à tecnologia robusta a 4 tempos para retirarem ao utilizador o esforço das tarefas árduas, tais como a preparação do solo para plantar e semear. São também perfeitas para limpar ervas daninhas entre filas de plantas e para cuidar dos canteiros e dos seus bordos.

Excelente desempenho de cultivo e facilidade de arrumação.
Projectados para as tarefas mais pequenas, a nossa flexível gama de mini moto-enxadas é fornecida de origem com uma série de ferramentas especiais, desde discos laterais de protecção a fresas Honda para escavar e cultivar ao mesmo tempo. Equipadas com os motores Honda a 4 tempos de alta performance, estas máquinas podem também ser equipadas com acessórios opcionais tais como, aparador de bordos, regenerador e arejador para relvado, fornecidos em separado ou em kit.

Motoenxadas Compactas

Para grandes terrenos e parcelas de vegetais,necessita de uma máquina maior mas de elevada manobrabilidade, fácil de utilizar e com potência suficiente para fazer o trabalho.
A nossa gama de moto-enxadas compactas,foi concebida para satisfazer todas as necessidades de um trabalho super eficiente. Com os nossos pioneiros motores a 4 tempos, estas moto-enxadas enfrentam todas as tarefas, por mais árduas que sejam.

Motoenxadas Honda - Tabelas Comparativas

Máquinas de Cortar Relva Honda

Corta Relvas Honda Capa

Corta Relvas Honda

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A escolha de uma máquina de cortar relva depende essencialmente da área de corte em vista e da intensidade de utilização da máquina.

Escolher Máquina de Cortar Relva

Escolher Máquina de Cortar Relva

Corta Relvas Honda Eléctricos

Corta Relva HRE 370

Corta Relva HRE 370

As máquinas de cortar relva eléctricas são seguras, limpas e silenciosas, ideais para superfícies até 500 m². Ligeiras e compactas, ideias para o cuidado de pequenas áreas de relva.

Modelo Área de Corte Motor Lâmina Peso
HRE 330 150 m² 1.1 kW 33 cm 12 Kg
HRE 370 250 m² 1.4 kW 37 cm 13 Kg
HRG 410 500 m² 1.6 kW 41 cm 23 kg

Clique no modelo de corta-relva eléctrico para comprar online.

Cortar Relva com Motores a 4 Tempos

As máquinas da gama IZY, HRX, HRD e HRH possuem motores Honda a 4 tempos,  sendo mais silenciosos, eficientes,  fiáveis e de maior facilidade de manutenção, ao invés de corta relvas com motores a 2 tempos.

Corta Relvas Honda IZY

Novo IZY 53 VK

Novo IZY 53 VK

Com motores a gasolina de 4 tempos, os corta relva IZY são uma gama que primam pela simplicidade de operação, utilização e manutenção.

São corta relvas seguros, cómodos e silenciosos, com boa estética e fácil acesso a todos os seus pontos vitais, que forma sido desenhados para ser utilizados sem problemas, de forma intuitiva e muito segura.

Modelo Área de Corte Motor Lâmina Tracção Peso
HRG 415 SD / IZY 41 S 800 m² GVC135 41 cm Sim 32 Kg
HRG 465 SD / IZY 46 S 1000 m² GVC160 46 cm Sim 33 Kg
HRG 536 SD / IZY 53 S 1500 m² GVC160 53 cm Sim 36 Kg

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR CORTA-RELVAS DA GAMA IZY ONLINE

Corta Relvas Honda Profissionais

Gama HRX

A série HRX adapta-se facilmente a relvados de todas as dimensões. De arranque e utilização fácil, a série HRX garante resultados máximos com esforço mínimo. Foi também projectada para respeitar o meio ambiente, com baixo nível de ruído e de emissões.

Gama HRD

Com o seu motor potente, baixo peso e deck de corte em liga inoxidável, a série HRD utiliza a sua velocidade consistente para oferecer acabamentos irrepreensíveis em relvados de grande dimensão. Modelos com 4 rodas ou rolo traseiro.

Gama HRH

A máquina HRH  é mais robusta e fiável das máquinas de cortar relva Honda. Foi projectada para proporcionar a mais alta fiabilidade e durabilidade.  Permite uma escolha flexível de alturas de corte, guiadores reguláveis e transmissão hidrostática.

Modelo Área de Corte Motor Lâmina Peso
HRX 476 VYE 1000 m2 GVC160 42 cm 39 Kg
HRX 537 VYE 1800 m2 GVC190 53 cm 45 Kg
HRD 536 QXE 2000 m2 GVC160 53 cm 56 Kg
HRD 536 HXE 2000 m2 GXV160 53 cm 48 Kg
HRH 536 HXE 5000 m2 GXV160 53 cm 63 Kg

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR CORTA-RELVAS DA GAMA HRX, HRD E HRH ONLINE

Documentação

Download Catálogo Corta Relvas Honda 2015

Motobombas Honda – Compre Online

motobombas-honda-capa

Das motobombas portáteis mais pequenas às grandes motobombas para resíduos, a Honda tem uma gama concebida para os mais diversos usos. Perfeitas para quem pretende um funcionamento eficiente com a importante fiabilidade de um motor Honda a 4 tempos.

Modelo Caudal (L/min) Altura Manométrica (m) Bocal de Saída (pol) Aplicações Preço c/IVA
WX 15 240 40 1.5" Baixo peso Clique Para Preço
WH 20 500 50 2" Alta pressão Clique Para Preço
WB 20 600 32 2" Alto caudal Clique Para Preço
WB 30 1100 28 3" Alto caudal Clique Para Preço
WT 40 1640 26 4" Alto caudal / Drenagem de águas com resíduos Clique Para Preço
WMP 20 833 32 2" Produtos químicos / água salgada Clique Para Preço

Todas as motobombas funcionam a gasolina sem chumbo.
O IVA aplicado às motobombas é de 13%.
Expedimos encomendas através dos CTT EMS18 ou da transportadora GLS. Se a encomenda for feita até às 15H, será entregue no dia útil seguinte até às 18H.
Products 1 to 12 of 12 total
  • 1
Products 1 to 12 of 12 total
  • 1

Clique no modelo para comprar online ou fale connosco. 

Comercialização de Peças Honda

Como concessionários Honda Portugal, a Hidraulicart dá assistência e também comercializa todas as peças genuínas referentes às motobombas Honda. Se pretender alguma peça por favor indique-nos o modelo, a referência e o número de série da motobomba (ver o autocolante e letras / números gravados no carter do motor).

Garantia e Assistência

A garantia é de 2 anos e o equipamento pode ser entregue para assistência em qualquer concessionário Honda na Europa.

Motobombas de Baixo Peso - WX10 e WX15

Compactas, leves e portáteis, as motobombas WX são uma escolha excelente para aplicações domésticas, de jardim, ou embarcações de recreio. WX10 WX15 

Motobomba de Alta Pressão WH20

A motobomba WH20 é perfeita para aplicações onde é necessária alta pressão, tais como aspersores ou pulverizadores. Ideal para bombear águas de qualidade média, as suas aplicações incluem irrigação e combate a incêndios, bem como bombear águas a longas distâncias.

Motobombas para Produtos Químicos / Água Salgada WMP20

A motobomba WMP 20 foi concebida para bombear produtos químicos, tais como fertilizantes para a agricultura ou produtos químicos industriais.

Motobomba de Alto Caudal WB

Para todas as necessidades gerais ao bombear água, a nossa popular gama WB oferece as melhores características ao melhor preço, com componentes de qualidade comercial tais como apoios anti-vibração, retentores em carboneto de silicone e cuba e impulsor em ferro fundido de montagem fixa. WB20 WB30 

Motobomba para Resíduos WT40

As motobombas para resíduos da série WT são a melhor escolha para aplicações de adjudicação e de aluguer. A WT40 consegue bombear sólidos até 24 mm de diâmetro e tem alto alto caudal – até 1640 litros por minuto (WT40). Uma abertura para limpeza rápida e a facilidade de manutenção ajudam a assegurar uma longa duração.

Altura de Elevação / Altura Manométrica

altura-de-elevacao-motobombas

É essencial calcular a altura manométrica / altura de elevação total para saber qual a motobomba adequada à aplicação.
A altura de manométrica é calculada pela soma da altura de aspiração, a altura de descarga e as perdas de carga em metros.

Altura de aspiração:  Altura entre o nível da água a bombear e a motobomba.
Altura da descarga :  Altura desda a motobomba até o ponto mais alto da mangueira de saída.
Perdas: A resistência das mangueiras / tubagem. Essencialmente, mangueiras mais compridas, mais estreitas e/ou torcidas originam mais perdas.

Utilização das Motobombas

Utilize a tabela abaixo para seleccionar a motobomba correcta para o tipo de líquido que pretende bombear.

tipos-agua-motobombas-adequadas

tipos-agua-motobombas-adequadas

Relação de Caudal

performance-motobomba-honda

A relação de caudal é a quantidade máxima de água que se consegue bombear a uma determinada altura. A relação do caudal de uma determinada moto-bomba pode ser calculada através da curva de performance dessa motobomba, como indicado no exemplo da WB20. Ao conhecer a elevação máxima a que é necessário bombear, pode traçar-se esse valor sobre curva e determinar se a motobomba tem uma relação de caudal suficiente para as necessidades.

Características da Motobombas

motobombas-honda-caracteristicas

Performance

As curvas de performance representadas em baixo com cores diferentes, mostram uma comparação directa entre as diferentes motobombas. Cada curva representa a relação de caudal vs. a elevação total para cada motobomba.

Curvas Performance Motobombas Baixo Peso / Alta Pressão

curvas-de-performance-motobombas-baixo-peso-alta-pressao

curvas-de-performance-motobombas-baixo-peso-alta-pressao

Curvas Performance Motobombas Alto Caudal, Resíduos e Produtos Químicos

curvas-de-performance-motobombas-alto-caudal

curvas-de-performance-motobombas-alto-caudal

Glossário

Pressão

A pressão é a força por unidade de área, habitualmente indicada em bars. A pressão e a altura manométrica estão directamente relacionadas quando nos referimos à performance de uma bomba. Se ligarmos um manómetro na base de um tubo na vertical com 30 m cheio de água limpa, vamos medir uma pressão de 2,99 bar. É de notar que o diâmetro do tubo não afecta o valor da pressão. Em suma, a pressão na saída da bomba vai-nos indicar qual a altura que a água pode chegar menos as perdas de carga.

Impulsor

Um impulsor é um disco rotativo com palhetas acoplado à cambota do motor. Todas as bombas centrífugas têm um impulsor. As palhetas do implusor impulsionam o líquido para fora, por acção da força centrífuga, provocando uma alteração na pressão. Esta alteração na pressão faz o líquido sair da bomba.

Cuba

A cuba é o corpo estacionário que alberga o impulsor. A cuba recolhe e dirige o caudal de líquido oriundo do impulsor e aumenta a pressão da água a alta velocidade que flui das palhetas do impulsor.

Auto-ferrante

Na maioria da bombas centrífugas, é necessário que o corpo de bombagem esteja cheio de água antes de se poder iniciar a bombagem. "Auto-ferrante" é um termo utilizado para descrever as bombas que têm a capacidade de purgar o ar do corpo de bombagem e criar vácuo parcial, o que possibilita começar logo a puxar água pela mangueira de aspiração. Todas as motobombas Honda são do tipo auto-ferrante.

Retentor Mecânico

É um retentor com mola composto por diversas partes e que veda o impulsor rotativo no corpo da bomba de água, evitando entradas de água para dentro do motor, o que lhe provocaria danos. Os retentores mecânicos estão sujeitos a desgaste caso a água a bombear contenha agentes abrasivos e aquece rapidamente se a motobomba estiver a funcionar sem água na câmara de bombagem. As moto-bombas Honda para águas sujas contêm retentores mecânicos em carboneto de silicone, concebidos para suportar condições abrasivas.

Documentação

Catálogo Motobombas Honda  

Clique aqui para para comprar ou contacte-nos diretamente

Motobombas Honda - Gama Completa

Motobombas Honda

De las bombas de motor, pequeños portátiles de grandes bombas de motor de residuos, Honda tiene una estufa diseñada para diferentes usos. Perfecto para aquellos que quieren trabajar de manera eficiente y más tranquilo con la fiabilidad importante Honda.

[table “” not found /]

Clique no modelo ou aqui para consultar preços e comprar

MOTO-BOMBAS DE BAIXO PESO

Compactas, leves e portáteis, as nossas motobombas WX são uma escolha excelente para aplicações domésticas, de jardim, ou embarcações de recreio. WX 10 WX 15 

MOTO-BOMBAS DE ALTA PRESSÃO

A nossa moto-bomba WH 20 é perfeita para aplicações onde é necessária alta pressão, tais como aspersores ou pulverizadores. Ideal para bombear águas de qualidade média, as suas aplicações incluem irrigação e combate a incêndios, bem como bombear águas a longas distâncias.

MOTO-BOMBAS PARA PRODUTOS QUÍMICOS

A nossa moto-bomba WMP 20 foi concebida para bombear produtos químicos, tais como fertilizantes para a agricultura ou produtos químicos industriais.

MOTO-BOMBAS DE ALTO CAUDAL

Para todas as necessidades gerais ao bombear água, a nossa popular gama WB oferece as melhores características ao melhor preço, com componentes de qualidade comercial tais como apoios anti-vibração, retentores em carboneto de silicone e cuba e impulsor em ferro fundido de montagem fixa.

MOTO-BOMBAS PARA RESÍDUOS

As moto-bombas para resíduos são a melhor escolha para aplicações de adjudicação e de aluguer. A série WT consegue bombear sólidos até 24mm de diâmetro e tem alta capacidade de bombagem – até 1.640 litros por minuto (WT 40). Uma abertura para limpeza rápida e a facilidade de manutenção ajudam a assegurar uma longa duração.

ALTURA DE ELEVAÇÃO

altura-de-elevacao-motobombas A importância da altura de elevação depende da própria aplicação. A altura de elevação é calculada por: ALTURA DE ASPIRAÇÃO A altura entre o nível da água a bombear e a moto-bomba. + ALTURA DA DESCARGA A altura entre a moto-bomba e o ponto mais alto da mangueira de saída. + PERDAS A resistência das mangueiras. Mangueiras mais compridas, mais estreitas e/ou torcidas originam mais perdas.

UTILIZAÇÃO DAS MOTO-BOMBAS

tipos-agua-motobombas-adequadas

tipos-agua-motobombas-adequadas

A vasta gama de moto-bombas Honda oferece um produto para cada aplicação. Utilize a tabela abaixo para seleccionar a moto-bomba correcta para as suas necessidades específicas.

RELAÇÃO DE CAUDAL

performance-motobomba-honda A relação de caudal é a quantidade máxima de água que se consegue bombear a uma determinada altura. A relação do caudal de uma determinada moto-bomba pode ser calculada através da curva de performance dessa motobomba, como indicado no exemplo da WB20 à direita. Se se conhecer a elevação máxima a que é necessário bombear, pode traçar-se esse valor sobre curva e determinar se a moto bomba tem uma relação de caudal suficiente para as necessidades.

CARACTERÍSTICAS DAS MOTO-BOMBAS

motobombas-honda-caracteristicas

Clique no modelo para consultar o preço e comprar:

WX 10 140L/min 36m 1"
WX 15 240L/min 40m 1.5"
WH 20 500L/min 50m 2"
WB 20 600 L/min 32m 2"
WB 30 1100 L/min 28m 3"
WT 40 1640L/min 26m 4"
WMP 20 833 L/min 32m 2"

 

PERFORMANCE DAS MOTO-BOMBAS

As curvas de performance representadas em baixo com cores diferentes, mostram uma comparação directa entre as diferentes motobombas. Cada curva representa a relação de caudal vs. a elevação total para cada motobomba.

CURVAS DE PERFORMANCE MOTO-BOMBAS DE BAIXO PESO / ALTA PRESSÃO

curvas-de-performance-motobombas-baixo-peso-alta-pressao

curvas-de-performance-motobombas-baixo-peso-alta-pressao

CURVAS DE PERFORMANCE MOTO-BOMBAS DE ALTO CAUDAL, RESÍDUOS E PRODUTOS QUÍMICOS

curvas-de-performance-motobombas-alto-caudal

curvas-de-performance-motobombas-alto-caudal

TERMINOLOGIA DAS MOTO-BOMBAS

PRESSÃO

A pressão é a força de área, habitualmente indicada em bars e é, muitas vezes, incluída nas curvas de performance das moto-bombas. A pressão e a altura estão directamente relacionadas quando nos referimos à performance de uma moto-bomba. A pressão exercida (em bar) na base da coluna de água é de 0,433 x a Altura (em metros). Se ligarmos um manómetro na base de uma mangueira com 30m cheia de água limpa, vamos medir uma pressão de 2,99 bar. É de notar que o diâmetro da mangueira não afecta o valor da pressão. A pressão máxima (a uma descarga zero) de qualquer bomba pode ser determinada multiplicando a altura máxima por 0,433.

IMPULSOR

Um impulsor é um disco rotativo com palhetas acoplado à cambota do motor. Todas as bombas centrífugas têm um impulsor. As palhetas do implusor impulsionam o líquido para fora, por acção da força centrífuga, provocando uma alteração na pressão. Esta alteração na pressão faz o líquido sair da bomba.

CUBA

A cuba é o corpo estacionário que alberga o impulsor. A cuba recolhe e dirige o caudal de líquido oriundo do impulsor e aumenta a pressão da água a alta velocidade que flui das palhetas do impulsor.

AUTO-FERRANTE

Na maioria da bombas centrífugas, é necessário que o corpo de bombagem esteja cheio de água antes de se poder iniciar a bombagem. "Autoferrante" é um termo muitas vezes utilizado para descrever as bombas que têm a capacidade de purgar o ar do corpo de bombagem e criar vácuo parcial, o que possibilita começar logo a puxar água pela mangueira de aspiração. Todas as moto-bombas Honda são do tipo auto-ferrante.

RETENTOR MECÂNICO

É um retentor com mola composto por diversas partes e que veda o impulsor rotativo no corpo da bomba de água, evitando entradas de água para dentro do motor, o que lhe provocaria danos. Os retentores mecânicos estão sujeitos a desgaste caso a água a bombear contenha agentes abrasivos e aquece rapidamente se a motobomba estiver a funcionar sem água na câmara de bombagem. As moto-bombas Honda para águas sujas contêm retentores mecânicos em carboneto de silicone, concebidos para suportar condições abrasivas.

Documentação

Catálogo Motobombas / Material Agro-Jardim Honda  

Clique aqui para consultar preços e comprar

Robot Corta Relva Honda Miimo

Robo Corta Relva Honda Miimo

 

Clique aqui para consultar preços e comprar

 
O Robot Corta Relva Honda Miimo é a solução perfeita para quem deseja manter o seu relvado em perfeito estado mas não quer ou não pode cortar a relva pessoalmente. Sendo o derradeiro dispositivo para poupar tempo e trabalho, uma vez instalado, requer o mínimo de interacção humana durante o seu funcionamento, assegurando um relvado perfeitamente cortado, todos os dias, durante a época em que é necessário efectuar mais regularmente o corte da relva.

Robot Corta Relva Honda Miimo

Robot Corta Relva Honda Miimo

Sistema de Corte Contínuo

O Robot Corta Relva Honda Miimo funciona com um sistema de "corte contínuo", tipicamente cortando apenas 2 ou 3 mm de relva de cada vez, várias vezes por semana. O corte é efectuado em padrão aleatório, o que se traduz em menor esforço sobre o relvado, com um crescimento mais saudável e menos musgo e ervas daninhas. Ao contrário de uma máquina de cortar relva tradicional, com o Miimo, não é necessário recolher a relva cortada, porque esta é de dimensões tão pequenas que pode ficar espalhada pelo relvado, servindo como um fertilizante natural.

Robot Corta Relva - Navegação Autónoma

O Robot Corta Relva Honda Miimo "navega" pelo relvado recorrendo a uma combinação inteligente de comandos, temporizadores e sinais de sensores transmitidos em tempo real. Para o seu funcionamento, é usado um cabo limitador, instalado debaixo do chão ou em cima do relvado, à volta do perímetro do jardim. O Honda Miimo detecta o sinal electrónico no cabo e permanece dentro do limite definido pelo sinal, assegurando elevados níveis de segurança e precisão. O Miimo é alimentado por uma bateria de iões de lítio de elevada performance, cuja carga é efectuada de forma automática. O nível de carga da bateria é monitorizado de forma constante, pelo que a máquina regressa à estação de carga quando a bateria precisa de carga.

Característica Exclusivas

Uma característica exclusiva, o Robot Corta Relva possui uma ventoinha incorporada no suporte das lâminas, criando um fluxo de ar que "aspira" eficazmente a relva na direcção das lâminas. Isto assegura um acabamento superior e uma distribuição mais consistente da relva cortada pelo relvado. Adicionalmente, uma novidade nomercado, o Miimo apresenta um sistema de corte com três lâminas de elevada durabilidade, que se dobram em vez de se estilhaçarem caso ocorra um impacto com objectos rígidos, eliminando o perigo de deixar espalhados pelo relvado os pedaços de lâmina. A altura de corte pode ser regulada entre 20 e 60 mm, para se adequar às condições ditadas pela época do ano.

As vendas de robots de cortar relva na Europa estão em rápido crescimento. Com os jardins a serem cada vez mais uma "sala de estar no exterior", a vida ocupada das pessoas que não podem perder tempo ou não podem ter mais trabalho com a manutenção de um relvado, numa população em envelhecimento, talvez já sem capacidade para o fazer, os robots de cortar relva são a solução perfeita. Estas máquinas também representam um excelente benefício ambiental, porque não produzem CO2, são mais silenciosos do que os modelos a gasolina e não obrigam a recolher a relva cortada.

Modos de funcionamento

O Robot Corta Relva Honda Miimo funciona num de três modos – "aleatório", "direccional" ou "mistura", adequando-se ao tamanho e tipo do jardim. No modo aleatório, a máquina "navega" pelo relvado sem um padrão fixo, enquanto que, no modo direccional, o movimento ocorre de forma mais uniforme para a frente e para trás, assegurando um corte mais rápido. O modo de mistura apresenta intervalos de corte nos modos aleatório e direccional.

O Robot Corta Relva Honda Miimo possui três sensores anti-batimento independentes com raio de acção de 360 graus, que detectam o contacto entre a máquina e quaisquer obstáculos. Quando um sensor é activado, a máquina pára e afasta-se do ponto de contacto, seguindo numa direcção diferente.

O Honda Miimo pode trabalhar em subidas com inclinação de até 24º e, quando detecta zonas do relvado onde a relva é mais espessa ou está mais alta, a velocidade das suas rodas é automaticamente reduzida, mas a rotação das lâminas é mantida, de forma a garantir a eficácia do corte, mesmo nas áreas mais difíceis.

A segurança de funcionamento e a segurança anti-roubo ficam garantidas por dois sensores de elevação, que disparam caso o Honda Miimo perca o contacto com o solo. Caso um destes sensores se active, a máquina desliga-se completamente e soa um alarme e a máquina não pode voltar a ser usada até ser introduzido um PIN definido pelo proprietário. Em linha com as novas normas, isto significa que quando se levanta a máquina enquanto as lâminas estiverem a rodar, elas param automaticamente e o Miimo fica desactivado e inútil em caso de furto.

Modelos

Na altura do lançamento, o Honda Miimo vai estar disponível em dois modelos, o 300 e o 500, oferecendo, respectivamente perímetros máximos de corte de 300 e de 500 metros. O Honda Miimo 500 tem capacidade para cortar relvados com área total de 3.000 metros quadrados, cerca de metade do tamanho típico de um campo de futebol, o que o torna adequado a uma ampla diversidade de jardins.

O Robot Corta Relva Honda Miimo é um produto totalmente novo para os Concessionários Autorizados Honda de Produtos de Força e Agro-Jardim. Uma máquina única no mercado, estará disponível para venda com o serviço completo. Após a compra, o concessionário procederá à instalação da estação de carga, que servirá como ponto de carga e gerador de sinais. O cabo limitador é ligado à estação de carga e, depois, é colocado ao longo do perímetro do jardim, de forma a definir a área onde será efectuado o corte. A seguir, o Honda Miimo é programado segundo o plano de corte que se revelar mais conveniente para cada cliente, recorrendo ao temporizador e ao calendário incorporados na máquina. Finalmente, no final da época, o Concessionário Autorizado Honda procederá à recolha da máquina para realizar a manutenção de Inverno e, em alguns países, para a hibernação de Inverno.

A Honda tem vindo a trabalhar no desenvolvimento do domínio da robótica desde 1986, com os antecessores do ASIMO, o robot humanóide mais avançado do mundo.

O Honda Miimo é o primeiro produto robótico comercial fabricado pela empresa para utilização pública – o que representa o primeiro passo em termos de soluções de robótica para os clientes, com soluções para melhorar a vida do dia-a-dia.

O Honda Miimo será fabricado pela Honda France Manufacturing em Orlean

Especificações técnicas

Manual do Usuário



Clique aqui para consultar preços e comprar