Bombas de Água – Superfície, Poço e Furo

bombas-agua-capa

Tipos de bombas de água

Há 2 tipos fundamentais de bombas de água centrífugas : As bombas de superfície e as bombas submersíveis.

As bombas de superfície para instalações fora de água, estão limitadas a altura de aspiração a um máximo genérico de 7m.

As bombas submersíveis para instalações dentro de água já não estão limitadas em termos da altura de aspiração, são no geral mais eficientes, e indicadas para bombagem de água de depósitos, poços e furos artesianos de elevada profundidade.

Bombas de Água Submersível Bomba de água submersível para poço com bóia de proteção Bombas de água de superfície Bomba de água de superfície (centrífugas) Bombas de água de furo a aplicar em poços profundos Bomba submersível de furo

Bombas de água, que informação é necessária?

Num caso típico de abastecimento de água para uma habitação ou sistema de rega, a escolha da bomba depende essencialmente da pressão (diretamente relacionada com a altura manométrica) e do caudal de água necessário.

Se pretender saber qual a bomba de água indicada para o seu caso, contacte-nos por telefone ou email com a seguinte informação:

  • Profundidade do poço / furo;
  • Distância do poço ao ponto mais desfavorável;
  • Desnível do poço ao ponto mais desfavorável;
  • Se já existe tubagem qual o diâmetro;
  • No caso do abastecimento de uma habitação/ prédio, quantas torneiras / emissores de água se pretendem alimentar ao mesmo tempo;
  • No caso de rega, quantos aspersores se pretendem alimentar ao mesmo tempo e qual o tipo de bico instalado;
  • Se os sistema a instalar é automático ou se liga manualmente a bomba sempre que se deseja água.

altura manométrica é essencialmente dependente de todas as alturas e distâncias que a electrobomba tem de vencer, nomeadamente:

  • Profundidade do poço / furo / local do líquido a bombear;
  • Desnível ao ponto mais desfavorável;
  • Distância ao ponto mais desfavorável.

caudal é essencialmente dependente:

  • Do débito necessário, seja abastecimento dum prédio, rega, drenagem, etc.;
  • Do diâmetro da tubagem (existe um limite para a quantidade de água que pode passar numa certa abertura com perdas baixas).

Caudal da Bomba de Água

Determina-se somando o débito de todos os emissores de água: torneiras, chuveiros, aspersores, pulverizadores, sistemas de rega de gota-a-gota, etc.
Na seguinte tabela apresentamos equipamento habitualmente encontrado numa instalação doméstica.

Equipamento Caudal (L/s) Caudal (L/min) Caudal (L/h) Diametro tubo (mm) Pressão (bar)
Sanita 0.15 9 540 22 2.5
Chuveiro 0.12 7 420 22 2.5
Torneira lavatório 0.15 9 540 22 2.5
Máquina de lavar loiça/roupa 0.25 15 900 22 2.5
Máquina de lavar roupa 0.25 15 900 22 2.5
Mangueira jardim 0.33 20 1200 22 2.5
Mangueira de rega 0.60 36 2160 22 2.5

Por exemplo, um chuveiro, a máquina de lavar louça e um lavatório a funcionar em simultâneo requer um caudal de 0.52 L/s, 31 L/min, 1860 L/h . No entanto, de notar que apenas a mangueira de rega requer um caudal de 36 L/min .

Caudais domésticos típicos:

Aplicação L/min L/h
Casa pequena 20-30 1200-1800
Casa média 30-50 1800-3500
Casa grande 50-90 3500-5400

Este dado também é dependente de quantas pessoas vivem numa habitação, ou seja, de quantas torneiras estarão abertas ao mesmo tempo.

Caudais aconselhados instalações Hidráulicas

Caudais aconselhados instalações Hidráulicas

Pressão / Altura Manométrica da Bomba de Água

A pressão de funcionamento do sistema de bombagem está relacionado com a altura manométrica e depende essencialmente da altura vertical que a bomba tem de vencer e da pressão pretendida no ponto mais distante. É necessário também calcular, em altura manométrica, todas as perdas de carga ao longo da tubagem (causados por filtros, electroválvulas, desníveis do terreno, comprimento e dimensões da tubagem).
Considera-se que para aplicações domésticas uma pressão de 2.5 bar (que para efeitos de cálculo corresponde a 25 m de altura manométrica) é perfeitamente indicada para maior parte das situações, como torneiras, chuveiros, máquinas de lavar roupa e loiça.

Depois de calculados a altura manométrica e o caudal, consulta-se as curvas hidráulicas (curvas das bombas) para escolher uma bomba que tenha o desempenho pretendido.

Diâmetro da Tubagem, Caudal e Perdas de Carga

Na primeira coluna da seguinte tabela encontra-se a medida pela qual os tubos são conhecidos no comércio e indústria, da mesma forma na coluna seguinte encontra-se em polegadas. De seguida, está descrito o diâmetro interno real do tubo em mm. Também incluímos o caudal máximo recomendado para uma velocidade de 2 m/s e as perdas de carga correspondentes por metro de tubo em altura manométrica.

Medida Em polegadas Diâmetro interno real (mm) Secção (mm²) Caudal máx (L/s) Caudal máx (L/h) Perda de carga por m de tubo (m)
10 mm 3/8" 8.8 61 0.1 360 0.6
15 mm 1/2" 13.6 145 0.3 1080 0.3
22 mm 3/4" 20.2 320 0.6 2160 0.25
28 mm 1" 26.2 539 1.1 3960 0.2
35 mm 11/4" 32.6 835 1.7 6120 0.15
42 mm 11/2" 39.6 1232 2.5 9000 0.1
54 mm 2" 51.6 2091 4.2 15120 0.07

Valores perdas de carga nas tubagem

Valores perdas de carga nas tubagem

Através dos valores de perda de carga nas tubagens, podemos verificar rapidamente que caudal está dependente do diâmetro do tubo. Por exemplo, para um caudal de 4000 L/h é recomendado usar um tubo 1"1/2 (pelo menos 1"1/4) ou de outra forma as perdas de carga na tubagem serão muito significativas.

Curva da Bomba

Depois de conhecidos a altura manométrica e o caudal necessário o último passo para a escolha da bomba é consultar a curva da bomba. A bomba idealmente  terá de trabalhar a meio da curva no ponto mais desfavorável.

Curvas-hidraulicas-aqualiju-a40-a60-a80

Curvas Hidraulicas Aqualiju A40 A60 A80

Por exemplo, para um caudal de 3300 L/h e uma altura manométrica de 35 m, o modelo de bomba ideal é a A60 (meio da curva).

Podemos também ver o problema de outra perspectiva. Considerando o modelo A80 destas curvas hidráulicas, o meio da curva é de 45 m o que corresponde a um caudal de  cerca de 4000 L/h que é a situação de trabalho ideal para esta bomba.

Perguntas Frequentes

Eu tenho uma Bomba SMC 75/140 instalada num furo a 130m. Sabem dizer-me se terei 5 Bar cá em cima para encher o autoclave e desligar o pressostato a 5 Bar?

A bomba que dispõe têm uma altura manométrica máxima de 140 m. Grosseiramente podemos fazer os seguintes cálculos, cada Bar de pressão corresponde a 10 m, assim se pretende 5 Bar a bomba teria que debitar 50 m + a altura do furo + as perdas de carga na tubagem e acessórios.

Somado as alturas: 50 + 130 + 15 = 195 m seria a elevação que a bomba teria de alcançar e a esta altura teríamos ainda que verificar o caudal necessário. Estaríamos assim a calcular uma bomba para a hipótese de a água poder descer até aos 130 m. Com a bomba que têm e para garantirmos os 5 bar de pressão temos que ter a certeza que a água não desceria no furo abaixo dos 75 m (50 + 75 +15 = 140) e ainda assim o caudal que debitaria a essa pressão seria reduzido.

Documentação

Apêndice técnico selecção bombas de água marca ESPA (Espanhol) 

Pump Hand Book - Grundfos